Franco da Rocha: Bombeiros encontram mais um corpo, e número de mortos pelas chuvas sobe para 16
Conecte-se conosco

Franco da Rocha

Franco da Rocha: Bombeiros encontram mais um corpo, e número de mortos pelas chuvas sobe para 16

Foram interditadas 62 casas próximas ao local do deslizamento e, a Prefeitura de Franco da Rocha disse que deve pagar o auxílio aluguel no valor de R$ 400 a partir da próxima semana

Publicado

em

Atualizado há

Bombeiros realizam buscas nesta sexta-feira (4) por desaparecidos após chuvas em Franco da Rocha. (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Foi localizado, pelo Corpo de Bombeiros, dois corpos na quinta-feira (3), e mais um, nesta sexta-feira (4), em Franco da Rocha, após os deslizamentos e desabamentos provocados pelas fortes chuvas do último domingo (30), levando a 16 o total de mortos na cidade e a 32, no estado. Segundo os bombeiros, duas pessoas ainda estão desaparecidas.

Na madrugada de quinta-feira, foram encontrados os corpos de um tio e sobrinho, de 36 e 10 anos, respectivamente. Eles eram parentes de Erotides Feliciano Santana, um dos sobreviventes do deslizamento. A Defesa Civil informou na quinta que 5.548 estão famílias desabrigadas ou desalojadas no estado.

Em visita à cidade, o governador João Doria anunciou a liberação de mais R$ 3 milhões para Franco da Rocha, além dos R$ 5 milhões que já havia anunciado. “Nós estamos deliberando e informando ao prefeito que vamos destinar mais R$ 1 milhão para o atendimento às vítimas e mais 2 milhões de reais para a recuperação da estrutura urbana da cidade e as necessidades pra que minimamente tenham condições para reestabelecer”.

O Prefeito de Franco da Rocha, Nivaldo da Silva Santos, informou que o valor liberado pelo governo estadual será utilizado prioritariamente para estabilizar a região do deslizamento no Parque Paulista. “Existem obras que estamos fazendo o planejamento para executar. Obras de pequeno porte a própria Prefeitura arca, já as de grande porte vamos fazer o projeto e buscar recursos com o governo do estado e federal”, afirmou o prefeito.

A Prefeitura de Franco da Rocha informou que a Defesa Civil realizou vistorias na comunidade Buraco do Sapo e irá fazer uma visita no local na sexta-feira (4). Disse também que o Centro de Referência de Assistência Social da região está aberto para acolher famílias e que fez obras de contenção de encostas na região e outras pequenas de drenagem, nos últimos anos.

Foram interditadas 62 casas próximas ao local do deslizamento e, a Prefeitura de Franco da Rocha disse que deve pagar o auxílio aluguel no valor de R$ 400 a partir da próxima semana. Informou ainda que interditou 188 imóveis em toda a cidade depois da chuva do fim de semana e disse que esses imóveis não estão seguros com a previsão de chuva para os próximos dias e orientou que os moradores desses lugares deixem os imóveis e procurem abrigos municipais.

Franco da Rocha

Fundo Social de Franco da Rocha recebe doação de 200 kg de alimentos da Federação Israelita

Os donativos serão encaminhados às famílias afetadas pelas chuvas do final do mês de janeiro

Publicado

em

Por

Doações da Federação Israelita para Franco da Rocha
A entrega dos donativos foi feita pelo presidente da fundação Marcos Knobel. (Foto: Prefeitura de Franco da Rocha/ Orlando Junior)

O Fundo Social de Solidariedade recebeu uma doação de 200 quilos de alimentos não perecíveis da Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp) para ajudar famílias afetadas pelas chuvas do final de janeiro. A entrega dos donativos foi feita pelo presidente da fundação Marcos Knobel e pelo vice-presidente Ricardo Berkiensztat. O prefeito Dr. Nivaldo e a secretária de Assistência…

Continuar lendo

Franco da Rocha

Bombeiros resgatam último corpo após deslizamento em Franco da Rocha

A Defesa Civil informou que 5.548 estão famílias desabrigadas ou desalojadas no estado

Publicado

em

Por

Corpo encontrado em Franco da Rocha (Foto: Reprodução)

O Corpo de Bombeiros localizou, nesta sexta-feira (4), o corpo da última vítima estava desaparecida em Franco da Rocha, após os deslizamentos e desabamentos provocados pelas fortes chuvas do último domingo (30). Com isso, subiu para 18 o total de mortos na cidade e para 34, no estado. A Defesa Civil informou que 5.548 estão famílias desabrigadas ou desalojadas no…

Continuar lendo