CPFL registra mais de 70 colisões contra postes na região de Jundiaí em 2024
Connect with us

Jundiaí

CPFL registra mais de 70 colisões contra postes na região de Jundiaí em 2024

Os dados são do primeiro trimestre do ano. Número de ocorrências caiu 30,7% em relação ao ano passado. Saiba mais.

Published

on

Atualizado há

Além dos perigos para os motoristas e pedestres, as colisões contra postes podem causar interrupções de energia (Foto: Reprodução/Wânyffer Monteiro/TV TEM)

A CPFL Piratininga pega carona no movimento Maio Amarelo para alertar a população sobre riscos e potenciais transtornos causados por colisões de veículos contra postes. Na região de Jundiaí, a concessionária registrou 72 ocorrências entre janeiro e março de 2024. No mesmo período de 2023, a empresa computou 104 colisões, o que representa queda de 30,7%. A cidade de Jundiaí lidera com 26, seguida de Várzea Paulista e Vinhedo, ambas com 12 casos.

Apesar da redução geral, no comparativo algumas cidades registraram aumento de casos. Louveira, por exemplo, teve 4 colisões nos primeiros três meses de 2023 e 10 este ano.  

“De acordo com o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), cerca de 1,35 milhão de pessoas morrem anualmente no mundo por conta de sinistros de trânsito e o Brasil está entre os países com mais mortos e feridos”, comenta o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da CPFL Energia, Raphael Campos.

“Portanto, alertar sobre os riscos dos acidentes de trânsito, especialmente os que envolvem postes de energia, é uma ação permanente da CPFL, por meio do nosso programa Guardião da Vida. Apesar da queda no número total de colisões na região de Jundiaí, é importante continuarmos incentivando a discussão, uma vez que os índices seguem elevados”.

Transtornos

Além dos perigos para os motoristas e pedestres, as colisões contra postes podem causar transtornos para a população em geral, com interrupções de energia. Mesmo que o impacto da batida não afete de imediato o fornecimento, na maioria das vezes, é necessária a substituição do poste e a reconstrução da rede de distribuição. Isso demanda horas de trabalho e pode exigir o desligamento emergencial. Além disso, dependendo da gravidade do ocorrido, as equipes da CPFL precisam aguardar a conclusão da perícia policial para iniciar a manutenção. 

Outro reflexo das colisões é que o condutor pode ter que arcar com os danos provocados à rede elétrica. Nos casos em que conseguem identificar o culpado legal, a concessionária cobra este pela reposição do poste, atualmente avaliado entre R$ 3 mil e R$ 14 mil.

A diferença considera os equipamentos instalados tanto pela CPFL quanto pelas empresas que ocupam a estrutura. Um poste com iluminação pública simples, por exemplo, tem menor valor que aquele que sustenta um transformador de energia e equipamentos de telecomunicações. 

Confira abaixo um comparativo com o número de colisões contra postes

Cidades 1º Tri 2023 1º Tri 2024 
Jundiaí  58 26 
Várzea Paulista 13 12 
Vinhedo 12 12 
Louveira 10 
Campo Limpo Paulista 11 
Itupeva 

Dicas de segurança  

Como parte das iniciativas do MaioAmarelo, a CPFL Energia, por meio de seu programa Guardião da Vida, lista algumas orientações para segurança no trânsito e em colisões contra postes.   

  • Em batidas em postes, se houver queda de cabos ou de outras estruturas da rede, se possível permaneça no interior do veículo, sem tocar nas partes metálicas, até o atendimento pelas equipes da CPFL. Você pode acionar o serviço emergencial da CPFL Piratininga pelo telefone 0800 010 2570. Além disso, recomenda-se também acionar o Corpo de Bombeiros. 
  • Na necessidade de deixar o veículo após o acidente, mesmo que haja cabos caídos (em caso de incêndio ou fumaça, por exemplo), os ocupantes devem sair do carro com os pés juntos, sem jamais encostar na lataria. Em seguida, devem se afastar o máximo possível da mesma forma, saltando ou arrastando os pés, sem alternar as passadas, para que o corpo não conduza eletricidade.  
  • Para os pedestres que estejam passando pelo local, o alerta é não se aproximar e também acionar imediatamente o socorro. Não use nenhum objeto, como cabo de madeira ou haste metálica, para afastar fios partidos, pelo risco de choque.

Jundiaí

Jundiaí concede selo ‘Empresa Amiga dos Direitos Humanos’ para 40 empresas

As empresas passaram por trilhas de conhecimento com temas como governança corporativa, direitos humanos, sustentabilidade e mais.

Published

on

Ana Oliva ao lado de Dr. Gustavo Maryssael e Antônio Carlos Albino, na entrega do Selo Empresa Amiga dos Direitos Humanos de Jundiaí
Foto: Prefeitura de Jundiaí

Em uma cerimônia realizada no auditório do Ciesp nesta sexta-feira (14), a Prefeitura de Jundiaí concedeu o Selo Empresa Amiga dos Direitos Humanos para 40 empresas participantes do processo. A iniciativa, idealizada pelas Unidades de Gestão da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, visa integrar a iniciativa privada com práticas sustentáveis e um olhar voltado aos direitos humanos…

Continue Reading

Jundiaí

Jundiaí: Jardim Fepasa ganhará biblioteca comunitária ainda em junho

O acervo da biblioteca chega a quase 500 obras, incluindo gibis, histórias em quadrinhos, livros de literatura infantojuvenil e brasileira.

Published

on

Grupo de pessoas, homens e mulheres, posando em uma sala, uma nova biblioteca comunitária
A biblioteca estará no Centro Comunitário Casa Verde (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

A biblioteca comunitária do Jardim Fepasa, em Jundiaí, está a poucos passos de se tornar realidade. O espaço de leitura, que está na reta final para sua inauguração, conta com o trabalho em equipe da comunidade local, Prefeitura de Jundiaí, Sesc Jundiaí e a iniciativa privada. Um dos pontos que faltavam para a concretização do sonho era a ampliação do…

Continue Reading

Jundiaí

Viagem musical leva crianças do ensino municipal de Jundiaí a diferentes culturas

Através do projeto MusicAR-TE, os alunos do Ensino Infantil embarcaram em uma aventura imaginária pelas Américas e África

Published

on

Crianças do Ensino Infantil de Jundiaí participando de atividades na quadra da escola

Na última terça-feira (11), a Emeb Vereador Pedro Raymundo, na Vila Rio Branco, se transformou em um portal para um mundo de música e brincadeiras. Através do projeto MusicAR-TE, os alunos do Ensino Infantil embarcaram em uma viagem imaginária pelas Américas e África, conhecendo as tradições musicais e brincadeiras de diversos povos. Uma aventura musical pelos continentes O pequeno Lorenzo,…

Continue Reading

Jundiaí

Castrações gratuitas em Jundiaí: emenda parlamentar beneficiará 1 mil animais

A iniciativa do deputado federal Bruno Ganem, com o apoio do Projeto Dando Voz aos Animais, trará para a cidade um castra-móvel. Saiba mais.

Published

on

Cachorro
As castrações acontecerão em quatro finais de semana em escolas da cidade (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

Através de uma emenda parlamentar do deputado federal Bruno Ganem, Jundiaí receberá um castra-móvel para realizar 1 mil castrações gratuitas em animais. A iniciativa, que conta com o apoio do Projeto Dando Voz aos Animais, visa controlar a população animal, prevenir doenças e promover o bem-estar dos bichinhos. O Projeto Dando Voz aos Animais, idealizado por Dani Fogaça em 2019,…

Continue Reading

Jundiaí

População pode monitorar obras de Jundiaí em tempo real

Em parceria com a CIJUN, Prefeitura instalou novas câmeras nas obras de prolongamento da avenida Ozanan e no novo viaduto do Corrupira

Published

on

Munícipe pode acompanhar o andamento do viaduto do Corrupira. Foto: Prefeitura de Jundiaí

A Prefeitura de Jundiaí, em parceria com a Companhia de Informática de Jundiaí (CIJUN), está ampliando o monitoramento das obras públicas da cidade com a instalação de novas câmeras de videomonitoramento em tempo real. As primeiras câmeras já foram instaladas no prolongamento da avenida Antonio Frederico Ozanan e no novo viaduto do Corrupira, e podem ser acessadas pela população através…

Continue Reading