Rio Grande do Sul tem quase 80 mil pessoas em abrigos e 149 mortes
Conecte-se conosco

Brasil

Rio Grande do Sul tem quase 80 mil pessoas em abrigos e 149 mortes

Dos 497 municípios do estado, 446 foram afetados, o que representa 89,7%. O número de desaparecidos permanece em 124.

Publicado

em

Atualizado há

Abrigo no Rio Grande do Sul
Foto: Pedro Piegas/Prefeitura Municipal de Porto Alegre

O número de pessoas em abrigos no Rio Grande do Sul segue crescendo devido às cheias que assolam o estado. Na manhã de terça-feira (14), eram 76.884 pessoas alojadas, número que subiu para 79.494 no final da tarde. As novas inundações no Rio Guaíba, em Porto Alegre, contribuíram para o aumento.

Além disso, infelizmente, o estado confirmou mais uma morte, elevando o total para 149 fatalidades. O número de desaparecidos permanece em 124.

Nível do rio Guaíba sobe

De acordo com a Agência Brasil, as cheias já desalojaram 538.245 pessoas no Rio Grande do Sul. As chuvas e enchentes afetaram 446 dos 497 municípios do estado, o que representa 89,7% do total.

Na manhã de terça-feira, o nível do Rio Guaíba, que banha a capital e região metropolitana, subiu para 5,21 metros, ultrapassando em 2,21 metros a cota de inundação de 3 metros. Na semana passada, o rio registrou o recorde histórico, de 5,33 metros.

Embora represente menos de 3,2% da população do Rio Grande do Sul, a cidade de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, concentra quase 27% do total de pessoas desabrigadas pelas chuvas. Segundo o Censo de 2022, Canoas possui 347.657 habitantes, enquanto o estado tem 10.882.965 gaúchos.

Plataforma com informações sobre as cheias

O governo do Rio Grande do Sul disponibilizou na internet uma plataforma com informações sobre as cheias, incluindo o número de desabrigados e municípios atingidos. A plataforma oferece um panorama do desafio que Canoas e outras cidades enfrentam devido aos efeitos das chuvas, como enchentes, alagamentos, enxurradas, deslizamentos e desmoronamentos.

Brasil

Voluntários mantêm resgates em áreas alagadas de Porto Alegre

A Zona Norte de Porto Alegre permanece alagada, com resgates e acolhimentos sendo realizados por voluntários, que enfrentam desafios contínuos.

Publicado

em

Voluntários ajudam moradores e animais em Porto Alegre, onde áreas da Zona Norte ainda estão alagadas, dois meses após o início das inundações (Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil)

Mais de duas semanas após o início das inundações, a água ainda baixa lentamente na Zona Norte de Porto Alegre. Em um ponto de resgate e acolhimento montado por voluntários no cruzamento das avenidas Benjamin Constant e Caiurú, no bairro Navegantes, a equipe segue incansável na missão de auxiliar os moradores atingidos pela enchente. Só no último sábado (18), 37…

Continuar lendo

Brasil

Bolsonaro deixa hospital após tratamento para erisipela

Erisipela é um processo infeccioso da pele, que pode atingir a gordura do tecido celular, causado por uma bactéria que se propaga pelos vasos linfáticos.

Publicado

em

Foto: Reprodução/X

Na manhã desta sexta-feira (17), o ex-presidente Jair Bolsonaro recebeu alta do Hospital Vila Nova Star, na capital paulista. O advogado e assessor do ex-presidente, Fábio Wajngarten, confirmou a informação. De acordo com Wajngarten, Bolsonaro teve alta após 12 dias de internação em São Paulo e voltou para Brasília. Mais cedo, o ex-presidente postou uma foto ao lado dos médicos…

Continuar lendo

Brasil

Brasil registrou 230 mortes de pessoas LGBTI+ em 2023

Das 230 mortes no ano passado, 184 foram assassinatos, 18 suicídios e 28 por outras causas.

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução/Canva @Hrecheniuk Oleksii

Um dossiê publicado nesta semana pelo Observatório de Mortes e Violências LGBTI+ no Brasil mostra que 230 pessoas LGBTI morreram de forma violenta em 2023, uma morte a cada 38 horas. A sigla LGBTI diz respeito a pessoas lésbicas, gays, bissexuais, travestis, mulheres e homens trans, pessoas transmasculinas, não binárias e demais dissidências sexuais e de gênero. Das 230 mortes no…

Continuar lendo

Brasil

AGU pede que X, TikTok e Kwai retirem do ar desinformação sobre RS

Governo desmente reembalagem de cestas e reforça apoio a desabrigados.

Publicado

em

Tela de monitor com a mensagem de Fake News
AGU combate desinformação e pede remoção de posts falsos em 24h (Foto: Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)

A Advocacia-Geral da União (AGU) tomou medidas firmes contra a disseminação de informações falsas sobre a entrega de alimentos para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Nesta quarta-feira (15), a AGU solicitou às plataformas X (antigo Twitter), TikTok e Kwai a remoção de postagens com conteúdo enganoso no prazo de 24 horas. A iniciativa, de caráter extrajudicial,…

Continuar lendo

Brasil

Saiba como funcionará o Free Flow, sistema de cobrança automática de pedágios

Sem a necessidade de parar em praças de pedágio, o fluxo de veículos é mais rápido e eficiente

Publicado

em

Por

Foto: Governo de SP

Com o objetivo de melhorar a circulação e segurança, as rodovias concedidas de São Paulo em breve adotarão o sistema Free Flow. A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) detalha os benefícios e funcionamento desse sistema, que será implementado inicialmente em duas praças da SP-333. Em 1° de agosto, em Itápolis, km 179, no sentido leste; e…

Continuar lendo
Publicidade