Com recorde de medalhas, Brasil faz melhor campanha em Olimpíadas
Conecte-se conosco

Esportes

Com recorde de medalhas, Brasil faz melhor campanha em Olimpíadas

Foram 21 medalhas conquistadas, superando as 19 no Rio: sete ouros, seis pratas e oito bronzes

Publicado

em

Atualizado há

Rebeca Ginástica Brasil
Ginasta Rebeca foi o grande destaque da delegação brasileira, com duas medalhas conquistadas (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)

O Brasil encerrou a participação nas Olimpíadas de Tóquio, no Japão, com a melhor campanha da história. Foram 21 medalhas conquistadas, superando as 19 que vieram com as disputas no Rio de Janeiro, em 2016: sete ouros, seis pratas e oito bronzes.

Com os resultados, o país terminou a participação neste domingo (8) com a 12ª posição no quadro de medalhas – o melhor latino-americano e uma colocação acima do que havia conseguido no Rio.

Cerimônia de encerramento das Olimpíadas de Tóquio (Foto: Gaspar Nóbrega/COB)

Na cerimônia de encerramento, exibida pela televisão nesta manhã, os representantes brasileiros foram dois medalhistas de ouro (a ginasta Rebeca Andrade (que também faturou uma prata) e o boxeador Hebert Conceição), um treinador (Francisco Porath, da ginástica) e mais três integrantes da organização brasileira enviada a Tóquio.

Daqui três anos, os brasileiros voltam a disputar os Jogos Olímpicos, desta vez em Paris, com o intuito de bater novos recordes.

Destaques

Os destaques foram justamente as modalidades estreantes, que ajudaram o Brasil e bater o recorde no quadro de medalhas. Três delas vieram do skate, com a “fadinha” Rayssa Leal, Pedro Barros e Kelvin Hoefler, e uma do surf faturada por Ítalo Ferreira.

Rayssa Leal brilhou na disputa do skate, apesar da pouca idade, e conquistou o Brasil (Foto: COB)

E poderia ter sido melhor, pois algumas modalidades que eram tidas como favoritas acabaram sucumbindo diante dos adversários – como o vôlei masculino, que perdeu inclusive a disputa do bronze, o vôlei de praia masculino e feminino (que não conseguiu medalhas), o surfista Gabriel Medina (eliminado nas semifinais).

Hebert Conceição teve vitória histórica no boxe, com nocaute e ouro (Foto: Wander Roberto/COB)

No próprio skate, que encantou a todos, as favoritas do street, Leticia Bufoni e Pamela Rosa, não conseguiram chegar na bateria final.

As medalhas brasileiras foram conquistadas por:

Ouro

  • Rebeca Andrade – ginástica (salto)
  • Italo Ferreira – surfe
  • Martine Grael e Kahena Kunze – vela (49er FX)
  • Ana Marcela Cunha – maratona aquática.
  • Hebert Conceição – boxe
  • Futebol masculino
  • Isaquias Queiroz – Canoagem de Velocidade

Prata

  • Pedro Barros – skate park
  • Rayssa Leal – skate street
  • Kelvin Hoefler – skate street
  • Rebeca Andrade – ginástica (individual geral)
  • Vôlei Feminino
  • Beatriz Ferreira – boxe

Bronze

  • Mayra Aguiar – judô
  • Daniel Cargnin – judô
  • Fernando Scheffer – natação (200m livre)
  • Bruno Fratus – natação (50m livre)
  • Luisa Stefani e Laura Pigossi – tênis (dupla feminina)
  • Abner Teixeira – boxe
  • Alison dos Santos – 400m com barreiras
  • Thiago Braz – salto com vara

Esportes

Vai, Corinthians! Jundiaiense marca seu jogo número 1000 do Timão nesta terça (9)

Zé do Carmo começou a acompanhar partidas do time paulista em 1984, e marca o jogo #1000 no Maracanã.

Publicado

em

Homem com faixa do Corinthians
O torcedor já assistiu partidas do Corinthians em todo o Brasil (Foto: Arquivo Pessoal)

Nesta terça-feira (9), o Corinthians enfrenta o Flamengo no Maracanã, Rio de Janeiro. Mas, além da partida aproximar o Timão do título da Libertadores, esse jogo é ainda mais especial para Zé do Carmo, um torcedor de Jundiaí. Com essa partida, o jundiaiense completa 1000 jogos do Corinthians acompanhados nos estádios. Zé do Carmo é natural de Cabuí, Minas Gerais,…

Continuar lendo

Esportes

Palmeiras pode quebrar dois recordes entre brasileiros na Libertadores

Publicado

em

Foto: Pexels

O Palmeiras é um dos favoritos ao título da Copa Libertadores de 2022 – embora tenha um desafio pesado pela frente, já que enfrenta o Atlético Mineiro nas quartas de final. De todo modo, se vencer a competição, o Verdão irá quebrar dois recordes, entre as equipes brasileiras, na Libertadores: o de número de títulos seguidos e o de total…

Continuar lendo

Esportes

Palmeiras e Corinthians prometem disputa acirrada

Publicado

em

Gramado de campo de futebol com linha branca
Foto: Pixabay

Dois grandes rivais deverão ter uma disputa acirrada ao longo de 2022. Palmeiras e Corinthians são, respectivamente, o líder e o segundo colocado no Campeonato Brasileiro. E essa batalha pela ponta da tabela já vem deixando os torcedores ansiosos e movimentando as casas de apostas brasileiras. O Palmeiras já começou o ano apontado como um dos grandes favoritos da temporada.…

Continuar lendo

Esportes

CBF exibe camisa da seleção brasileira para Copa do Mundo

O novo design é inspirada na garra brasileira e na beleza da onça-pintada, buscando unir todos os brasileiros.

Publicado

em

camisa-seleção-2022
O público poderá adquiri-las a partir de quinta-feira (11). Foto: Divulgação/Nike.

A nova camisa da seleção brasileira para a Copa do Mundo de 2022, que acontecerá em Catar, foi apresentada oficialmente neste domingo (7). Os uniformes fazem, segundo a Nike, fornecedora de material esportivo da seleção, homenagens à onça-pintada e à garra da nação. As camisas possuem dois modelos nas tradicionais cores amarelo e azul. "Vibrante e arrojado, o uniforme 2022…

Continuar lendo

Esportes

Jundiaí é representada mundialmente no campeonato de BMX Racing

Luca Grigoletto, após esta vitória, se tornou o 8° melhor piloto do mundo na categoria Boys, 14 anos.

Publicado

em

luca Grigoletto-Bicicross-compressed
Durante sua preparação, o campeão utilizou a Pista de Bicicross de Jundiaí para os treinos. Foto: Facebook/Gustavo Martinelli.

O jundiaiense Luca Grigoletto, de 14 anos, participou do campeonato de BMX Race (Bicicross), e conquistou o título mundial no esporte. O campeonato foi realizado na França e contou com a participação de 125 competidores na mesma categoria. Luca Grigoletto, após esta vitória, se tornou o 8° melhor piloto do mundo na categoria Boys, 14 anos. O esporte em que…

Continuar lendo
Publicidade