Pragas de inverno: descubra como identificar e tratar das suas plantas
Conecte-se conosco

Horta e Jardim

Pragas de inverno: descubra como identificar e tratar das suas plantas

Publicado

em

Atualizado há

Descubra como evitar as pragas de inverno nas suas plantas (Foto: Andrei310/Canva)

Inverno é a época em que mais se propagam as pragas de inverno. Tanto plantas ornamentais como as comestíveis ficam mais propensas a ataques e infestações. Isso acontece porque nessa época do ano as plantas entram em um estado de dormência, e ficam mais sensíveis por conta da baixa temperatura. Outros fatores que também influenciam é a falta de sol e diminuição das irrigações que causam falta de nutrientes no solo.

Porém não há motivo para desespero, encontrar e tratar de uma infestação durante o inverno não é tão difícil. Existem várias formas de perceber que sua plantinha está sendo atacada, confira:

  • Fazer uma inspeção atenta regularmente, procurando foco de bichinhos;
  • Procurar manchas de cores variadas;
  • Observar se não há teias ou pintinhas brancas ou pretas nas folhas;
  • Se atentar mais ao verso da planta, pois é onde as pragas se escondem.

Se você identificou algum desses sinais de infestação nas suas planta, a primeira coisa que você vai querer fazer é comprar um inseticida, mas não faça isso! Os inseticidas são tóxicos, e representam grande perigo também para as plantas. Então que tal tentar remédios mais orgânicos? Funcionam perfeitamente e não agridem as suas plantinhas, nem intoxicam o ambiente ou representam perigo para quem tem pets.

Para cada praga, existe uma forma saudável de elimina-la!

Conheça as principais pragas de inverno e como combater:

Fungos

(Foto: imv/Canva)

Os fungos de expandem na superfície das folhas, para identificar se sua planta está com essa praga, basta observar se a sua coloração está com manchinhas brancas. Geralmente eles atacam plantas que recebem menos luz solar durante o dia do que precisam para ficar saudáveis. Para curar sua plantinha, basta remover as folhas danificadas com uma boa poda e coloca-la em lugar com mais iluminação.

Se os fungos da sua planta forem muito resistentes e a infestação persistir, use calda de bordaleza, uma mistura de sulfato de cobre, cal hidratada ou cal virgem e água. Borrife na planta a cada 15 dias.

Pulgões

(Foto: Chris Mansfield/Canva)

Se as suas plantas ficam em uma horta ou ambiente aberto, geralmente é mais difícil ter infestação de pulgões por conta das joaninhas, seu predador natural. Por isso não é indicado o uso de inseticidas, pois além dos pulgões, eles matam também as joaninhas. Mas caso eles apareçam mesmo assim ou suas plantas fiquem em vasos ou dentro de casa que são mais suscetíveis a essa pragas, é fácil identificar.

Normalmente os pulgões são, brancos, cinzas ou pretos. Eles se fixam no caule e folhas das plantas, para se alimentar da seiva. Um bom jato de água é o suficiente para desgruda-lo de suas plantas. Um remédio caseiro feito de água, detergente e vinagre também é ótimo para manter os pulgões longe das suas verdinhas.

Ácaros

(Foto: HHelene/Canva)

Essa é uma das pragas de inverno mais difíceis de ser observadas. Isso porque elas atacam o inferior das folhas, e as deixam com cor de ferrugem. Inspecione bem a sua planta, se apenas algumas folhas estiverem doentes, as corte sem medo, faça uma boa poda para retirar toda a parte infectada. Agora, se toda sua planta estiver infestada, o tratamento também deve ser feito com calda de bordaleza a cada 15 dias. E lembre-se, mantenha a planta em um lugar fresco, bem arejado e iluminado.

Cochonilhas

(Foto: pedrojperez/Canva)

As cochonilhas são muito perigosas para sua plantas, elas sugam a seiva e deixam as verdinhas doentes, afetando seu crescimento e retorcendo suas folhas. Mas apesar disso, não é tão difícil remover. Com um pano molhado com óleo de neem, passe delicadamente pelas folhas até remover todas as pintinhas brancas.

Para evitar que elas voltem, tente manter as folhas da sua planta sempre limpa, pode usar um pedaço de algodão e álcool. Manter uma pulverização com óleo mineral regular também pode ajudar.

Lagartas

(Foto: Suntipab/Canva)

Identificar se suas plantas estão tendo problemas com lagartas é fácil, pois elas vão comendo as folhas pelas beiradas. Sendo assim, as marcas de mordidas são nítidas. A forma menos abrasiva de acabar com elas é tirando manualmente com o uso de luvas. Outra opção é uma solução chamada “Bacillus thuringiensis“, feito a base de uma bactéria nociva para as lagartas. Pode ser encontrada em lojas de jardinagem e paisagismo.

Mas essa praga merece um cuidado especial, pois ela pode acabar com uma planta do dia para noite. Por isso, fique atento e faça inspeções regulares.

Agora que você já conhece os perigos que chegam junto com o inverno para suas plantas, não precisa ter medo, é só redobras os cuidados, seguir nossas dicas, e manter suas verdinhas vivas até o próximo período de floração.

Horta e Jardim

Conhece a catnip? Descubra como plantar a erva do gato

A planta recebeu esse nome porque provoca nos felinos uma reação que apura os sentidos predadores.

Publicado

em

Aprenda como plantar catnip (Foto: Jan Roesner/Canva)

A catnip, conhecida como erva de gato, é uma planta que lembra muito a hortelã. A planta recebeu esse nome porque provoca nos felinos uma reação que apura os sentidos predadores. Ou seja, deixa os gatinhos bastante alterados. Muitas pessoas pensam que a erva é nociva aos animais, mas não é. Os animais costumam brincar, morder, rolar por cima e alguns…

Continuar lendo

Horta e Jardim

Não é a cobra, é a planta: confira como cultivar jiboia

Existem 8 espécies diferentes dessa planta para vocês escolher.

Publicado

em

Aprenda como cultivar jiboia (Foto: Firn/Canva)

A jiboia é uma ótima planta para decorar a casa. É uma trepadeira muito fácil de cuidar, e pode chegar até 18 metros. Existem 8 espécies diferentes dessa planta para vocês escolher, se adapta muito fácil aos ambientes e é perfeita para dar um toque da natureza ao seu lar. As giboias podem ser tóxicas para animais e crianças, por…

Continuar lendo

Horta e Jardim

Cominho: Para que serve e como utilizar o tempero

Essa poderosa fonte de ferro, é a semente de uma planta medicinal muito utilizada desde a antiguidade, responsável por trazer diversos benefícios à saúde.

Publicado

em

cominho-1-compressed
O cominho é dono de diversos componentes benéficos à saúde. Foto: David Mark/ Pixabay.

Também chamada de alcaravia, o cominho é a semente de uma planta medicinal usada como condimento na culinária ou como um remédio caseiro para gases e problemas na digestão. Além disso, o cominho também é um diurético natural, é afrodisíaco, reduz cólicas e dores abdominais, fortalece o sistema imunológico, auxilia no relaxamento e melhora a circulação por ser rico em…

Continuar lendo

Horta e Jardim

Jardim morrendo? Veja dicas de como recuperar plantas secas

É um processo relativamente fácil, mas antes é necessário fazer algumas observações.

Publicado

em

Descubra como recuperar suas plantas secas (Foto: cottonbro/Canva)

Sabe quando você fica alguns dias fora de casa e quando volta suas plantas estão secas? Saiba que é possível recuperar a vitalidade e ainda salvar a planta. É um processo relativamente fácil, mas antes é necessário fazer algumas observações, pois nem sempre a planta está apta para ser recuperada. Veja os casos em que é possível recuperar uma planta…

Continuar lendo

Horta e Jardim

Cuidado! Conheça 7 plantas venenosas para evitar ter em casa

É muito comum que algumas plantas de jardim possuam altos níveis de toxidade.

Publicado

em

Conheça plantas venenosas para evitar (Foto: Sviatlana Barchan/Canva)

Lindas e tóxicas! Existem algumas flores, muito chamativas, que despertam interesse por sua beleza nos amantes de plantas. Porém, é muito comum que algumas plantas de jardim possuam altos níveis de toxidade. Ou seja, são plantas venenosas, e devemos ter cuidado e evitar ter em casa, principalmente quem possui crianças ou pets. Para esse tipo de planta, caso sejam ingeridas…

Continuar lendo
Publicidade