Jundiaí comemora Dia Mundial da Água com implantação de Jardim de Chuva
Conecte-se conosco

Meio Ambiente

Jundiaí comemora Dia Mundial da Água com implantação de Jardim de Chuva

O projeto de Jardim de Chuva recebe apoio comunitário em área pública, em contexto de educação ambiental, através do Curso “Sistematização de Água na Paisagem”.

Publicado

em

Atualizado há

Implantação do Jardim de Chuva em Jundiaí
Os Jardins de Chuva contribuem com a preservação da água e de seu ciclo (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

É com o projeto-piloto de implantação do primeiro Jardim de Chuva, ação do departamento de Urbanismo da Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA), que a Prefeitura de Jundiaí comemora o Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março. A novidade conta com apoio comunitário em área pública, em contexto de educação ambiental, através do Curso “Sistematização de água na paisagem”, desenvolvido pelo Sesc-Jundiaí em parceria com a Prefeitura e consultoria da Fluxus Design Ecológico.

A Organização das Nações Unidas (ONU), que instituiu a data comemorativa em 1992, também definiu para 2023 o tema: “Acelerando Mudanças – Seja a mudança que você deseja ver no mundo”, com o objetivo de discutir formas de acelerar mudanças para solucionar a crise global da água e saneamento. “E é com este olhar que reconhecemos que todos podemos fazer algo para despertar mudanças de paradigmas em prol de um desenvolvimento sustentável da nossa cidade, e toda pequena ação na área de gestão de recursos hídricos, se escalada e realizada por muitos, faz uma enorme diferença não só na área ambiental, como ta

Vantagens dos Jardins de Chuva

Os Jardins de Chuva contribuem com a preservação da água e de seu ciclo. Na cidade, trazem benefícios com a redução da quantidade e velocidade de escoamento superficial da água em momentos de chuva intensa, diminuindo problemas de enchentes e erosões; com o aumento a infiltração no solo, ampliando a recarga de lençóis freáticos com água de melhor qualidade, pois filtram a poluição difusa da cidade; com o embelezamento da paisagem, melhorando e ampliando a flora e fauna no ambiente construído; tudo isso com um baixo custo de implantação e de manutenção.

De acordo com o gestor de Planejamento Urbano e Meio Ambiente, Sinésio Scarabello Filho, os jardins de chuva são ações de microdrenagem urbana que integram as “Soluções Baseadas na Natureza” (SBN). “O que buscamos é que se tornem política pública para a implantação estratégica no território, diminuindo a necessidade de tantas ações de macrodrenagem, que costumam ser muito mais custosas e demoradas para o município implantar, por seu grande porte”, ressalta do gestor.

A implantação

Cerca de 50 voluntários e alunos do curso “Sistematização de Água na Paisagem”, colocaram o aprendizado na prática. No sábado (18), se reuniram para a implantação do Jardim de Chuva na área pública da Horta Comunitária e do Parque Naturalizado do Jd. Guanabara. O curso contou com mais de 150 pessoas inscritas, duas aulas on-line ao longo da semana e encerramento na atividade em campo.

As atividades iniciaram com o reconhecimento e leitura da paisagem, identificação dos caminhos naturais da água no relevo, testes de infiltração do solo, reconhecimento dos dispositivos de microdrenagem e saneamento sustentáveis já em implantação (infraestrutura dos jardins de chuva, canaletas de escoamento, valetas de infiltração (swales), mini-cisterna e círculo de bananeiras), demarcação de novos dispositivos e encerraram com os plantios de hortaliças nos canteiros, de ervas aromáticas nas floreiras com crianças e de parte do jardim de chuva da entrada do futuro parque.

Durante toda a tarde o grupo realizou diversas atividades no local com a recepção das permissionárias do espaço, Donas Luíza Expedita Gomes e Jocilena Cenachi Ramalho, e do ‘seo’ Benedito da Silva, que apresentaram os espaços já construídos em conjunto com a comunidade e as contaram histórias a partir fotos, dispostas em exposição.

Meio Ambiente

Mudanças climáticas elevam risco de desastres em 1.942 cidade brasileiras

Estudo revela áreas de risco, histórico de tragédias e ações do governo para mitigar impactos.

Publicado

em

Moradores de áreas de risco enfrentam a vulnerabilidade diante de desastres ambientais cada vez mais frequentes. (Foto: Gustavo Mansur/Palácio Palatini)

Aumento dos desastres ambientais Com a intensificação das mudanças climáticas provocadas pela ação humana no meio ambiente, os desastres ambientais e climáticos têm aumentado em todo o mundo. No Brasil, o governo federal identificou 1.942 municípios suscetíveis a desastres associados a deslizamentos de terras, alagamentos, enxurradas e inundações, o que representa quase 35% do total dos municípios brasileiros. O Cenário…

Continuar lendo

Meio Ambiente

Parceria entre Coca-Cola e Tera Ambiental transforma resíduos industriais em fertilizantes em Jundiaí

O Dia Mundial da Reciclagem, celebrado em 17 de maio, destaca o crescente foco das empresas no desenvolvimento sustentável

Publicado

em

Foto: Divulgação

O Dia Mundial da Reciclagem, celebrado em 17 de maio, destaca o crescente foco das empresas na economia circular e o desenvolvimento sustentável. Uma parceria importante nesse sentido é a da Coca-Cola FEMSA Brasil e da Tera Ambiental, que convertem os resíduos gerados da produção de bebidas em fertilizantes orgânicos compostos. Esse tipo de compromisso com a sustentabilidade reflete uma…

Continuar lendo

Meio Ambiente

‘Reuso da água’ é tema de seminário técnico para o setor industrial da região de Jundiaí

O objetivo do seminário técnico é apresentar soluções e tecnologias para produção de água de reuso por meio do tratamento dos efluentes. Saiba mais.

Publicado

em

Por

O evento acontecerá no dia 23 de maio, às vésperas do Dia da Indústria (25) (Foto: Freepik / imagem gerada por IA)

No dia 13 de junho, o Grupo Opersan realizará o seminário técnico Conexão Opersan, voltado para o setor industrial da região de Jundiaí e Campinas. O objetivo é apresentar soluções e tecnologias para produção de água de reuso através do tratamento dos efluentes. O seminário é direcionado a profissionais e gestores das indústrias de artefatos de borracha, agroindústria, automotiva, química,…

Continuar lendo

Meio Ambiente

Olhos da Serra: 2ª fase fortalece projetos e aumenta área mapeada da Serra do Japi

Publicado

em

Por

Vânia Plaza Nunes, superintendente da Fundação Serra do Japi, reforça a importância do projeto (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

A 2ª fase do “Olhos da Serra”, que tem como objetivo a conservação de mais de 2 mil hectares da Serra do Japi, foi concluída nesta quinta-feira (21) com projetos de educação ambiental e monitoramento fortalecidos. O trabalho é realizado com ações de mapeamento de satélite, monitoramento por câmeras e placas de sensibilização e conscientização espalhadas por pontos estratégicos da…

Continuar lendo

Meio Ambiente

Nova onda de calor deve atingir o Brasil na próxima semana, com previsão de ‘dias escaldantes’

Esta é a terceira onda de calor no país em 2024; confira qual a previsão para Jundiaí

Publicado

em

Por

Foto: Canva

Após a breve passagem de uma frente fria pelas regiões Sul e Sudeste, uma nova onda de calor deve atingir o Brasil nos próximos dias, a terceira deste ano. A perspectiva é de que as temperaturas fiquem até 5ºC acima da média em algumas regiões do país, entre os dias 11 e 15 de março. Segundo informa o Climatempo, o…

Continuar lendo