Cachorro traumatizado e abusado não para de abraçar as pessoas que o resgataram
Conecte-se conosco

Mundo Pet

Cachorro traumatizado e abusado não para de abraçar as pessoas que o resgataram

Harper foi encontrada em um campo comumente usado como “descarte” de animais abandonados, e felizmente foi salva.

Publicado

em

Atualizado há

Mulher com cachorro no colo
Após o resgate, o cachorro dificilmente se levantava, e no colo dos voluntários se agarrava muito firmemente (Foto: Furever Bully Love Rescue)

Natalie Olivieri já resgatou animais suficientes para saber imediatamente que Harper, um cachorrinho de apenas 1 anos, passou por muito abuso e trauma. A mulher é vice-presidente do Furever Bully Love Rescue, um grupo de resgate baseado em Orlando. Ela encontrou Harper em um grande campo, comumente chamado de “The Redlands”, um lugar conhecido por ter uma alta população de cachorros abandonados.

“O lugar é praticamente uma lixeira de cães”, disse Natalie ao The Dodo. “As pessoas simplesmente os deixam lá”. Outra organização chamada Redland Rock Pit Abandoned Dog Project visita as Redlands todos os dias para alimentar os cães desabrigados de lá.

Cachorros em campo
Os grupos ajudam a alimentar, cuidar e resgatar os cães (Foto: Furever Bully Love Rescue)

De acordo com Jessie Pena, vice-presidente do grupo, precisam de cerca de 350 quilos de ração para alimentar aproximadamente 100 cães que vivem ali. No entanto, há mais cães do que podem ajudar. “Há milhares de cães lá. Nós cobrimos apenas uma pequena área. A Redland é enorme”, disse Pena.

Neste fevereiro, o Furever Bully Love Rescue se uniu ao Redland Rock Pit para levantar dinheiro para a comida dos cães. Além disso, criaram a parceria para resgatar alguns dos cachorros da área. Natalie conta que essa foi uma experiência que ela nunca vai esquecer. Quando os voluntários do Redland Rock Pit começaram a colocar comida, os cães começaram a aparecer.

Cachorros comendo
O local abriga centenas de cachorros abandonados (Foto: Furever Bully Love Rescue)

Cachorrinho traumatizado

Foi neste momento que os socorristas avistaram Harper, um cachorro de um ano de idade. Os voluntários já a haviam visto antes, em visitas anteriores ao Redlands. Eles acreditavam que ela vivia no campo há cerca de quatro ou cinco meses.

“Harper apareceu com cerca de cinco outros cães”, disse Natalie. “Assim que Harper se aproximou de nós e nos conhecemos, ela simplesmente caiu completamente no chão com medo”. Além de claramente ter medo de pessoas, a mulher notou que Harper tinha cicatrizes na cabeça e nas costas.

Ela tinha certeza que o cachorrinho sofreu abusos e negligências. “Não havia como deixá-la lá”, contou Natalie.

Assim, os socorristas conseguiram colocar uma coleira no pescoço de Harper, mas quando eles tentaram levá-la de volta para o caminhão, ela se recusou a se mover. Natalie conta que tiveram que pegar o cachorro no colo. “Nem sequer a colocamos em uma caixa de transporte, a colocamos um cobertor no chão”.

Quando Natalie e os outros voluntários chegaram em Orlando, eles levaram Harper (e dois outros cães das Redlands) ao veterinário para um check-up. Lá, Harper recebeu tratado para anemia, vermes e uma infecção dental. No entanto, os problemas de medo de Harper levariam muito mais tempo para sarar.

Feridas emocionais

De acordo com Natalie, durante três dias o cachorrinho se recusava a se levantar. Além disso, quando alguém pegava Harper no colo, ela se agarrava como se sua vida dependesse disso. “Eu nunca tinha tido um cão agarrado tão firmemente a mim”, disse Jennifer Adorno, a presidente do Furever Bully Love Rescue.

“Pode ser uma coisa de conforto, ou pode ser que ela esteja se segurando para não cair”, disse Natalie. “É difícil dizer com cães maltratados dessa maneira”.

O Furever Bully Love não tem um abrigo físico, dessa forma, Harper foi direto para um lar adotivo temporário, com uma mulher chamada Cheryl Kessler. Em apenas algumas semanas, a tutora já está vendo uma enorme mudança no cachorrinho. “Ela deixa seu caixote e corre ao redor do quintal”, disse Cheryl ao The Dodo. “Ela está cavando no quintal, e sendo apenas um cão muito normal e típico. Eu adoro vê-la sair de sua casca”, contou.

Mundo Pet

Mamãe cachorro é abandonada por ter dado à luz muitos filhotes

Quando a mamãe chegou ao resgate, estava incrivelmente magra, cega de um olho e coberta de pulgas, mas seus filhotes estavam muito bem cuidados.

Publicado

em

Cadela resgatada amamentando 12 filhotes de cachorro em abrigo
Foto: Reprodução/One of a Kind Pet Rescue/The Dodo

Quando a equipe da ONG de resgate animal One of A Kind soube da história de Violet, uma mamãe cachorro abandonada após dar à luz uma ninhada de 12 filhotes, seus corações se partiram. Evidentemente, isso era mais do que a antiga família da cadela queria lidar. Então, eles fizeram o impensável. "Fui contatada por uma mulher que é amiga…

Continuar lendo

Mundo Pet

Pato rejeitado por irmãos encontra felicidade com filhotes de cachorro

Não querendo que seu pato se sentisse muito solitário, a tutora decidiu apresentá-la aos filhotes de cachorro de 4 semanas de idade que ela estava criando.

Publicado

em

Patos e filhotes de cachorro brincando juntos em um gramado verde, criando um momento de interação adorável e natural.
Foto: Reprodução/Alma Ackermann/The Dodo

Você já viu uma família incomum? Conheça Honey: um pato que vive em uma pequena cidade com sua família de patos e cachorros. Honey nasceu com uma torção no pescoço porque um cuidador anterior não lhe forneceu nutrientes suficientes enquanto o pato estava incubando. Felizmente, sua condição não é dolorosa - sua tutora, Alma Ackermann, disse ao The Dodo que…

Continuar lendo

Mundo Pet

Cachorro muito tímido se recusa a sair de canil até que socorristas sejam ‘criativos’

Eles o atraíram com petiscos e passearam com outros cães para ver se o pit bull saía para brincar. Mas o cão não cedeu. “Tivemos que ser criativos”, escreveu a ONG.

Publicado

em

Pit bull deitado em uma cama em um abrigo, usando um colete cinza com bordas laranja, olhando para a câmera.
Foto: Reprodução/Facebook/Pennsylvania SPCA

Conheça Tiana, um cachorro pit bull de 11 meses de idade, cuja vida começou em uma situação difícil. Em fevereiro, a equipe de resgate salvou Tiana de um tutor negligente e a levou para a ONG de resgate da Pennsylvania (SPCA). No resgate, o cachorro não precisava mais se preocupar que a ignorassem. No entanto, não percebeu que estava em…

Continuar lendo

Mundo Pet

Cachorro que estava desesperado para escapar do abrigo finalmente realiza seu desejo

Depois de mais de um ano no abrigo e uma tentativa fracassada de fugir, o cachorro finalmente teve o descanso que precisava.

Publicado

em

Cachorro da raça husky em cima de telhado de abrigo de animais
Foto: Reprodução/Facebook/Adam's County Pet Rescue

Em março de 2023, o pessoal do abrigo animal de Adams County acolheu um cachorro husky encontrado vagando pelas ruas. Eles perceberam que o cão vinha de um lar em algum momento e esperavam que sua família a buscasse nos dias seguintes, mas, infelizmente, ninguém apareceu. Então, a equipe colocou a cadela, que mais tarde recebeu o nome de Luna,…

Continuar lendo

Mundo Pet

Em dez dias, três tatus-galinha foram atropelados na região de Jundiaí

De acordo com a Mata Ciliar, todos os animais chegaram à associação em estado grave e, infelizmente, não resistiram aos ferimentos.

Publicado

em

Duas imagens de tatu-galinha com ferimentos na clínica veterinária da Mata Ciliar.
O tatu-galinha é um animal noturno, período em que os motoristas devem redobrar a atenção (Foto: Mata Ciliar)

A Mata Ciliar de Jundiaí, organização dedicada à reabilitação de animais silvestres, tem registrado um aumento alarmante no número de tatu-galinhas vítimas de atropelamentos. De acordo com a associação, em apenas dez dias, a equipe recebeu três destes animais, todos em estado grave e que, infelizmente, não resistiram aos ferimentos. O tatu-galinha, com sua carapaça resistente, é um animal noturno,…

Continuar lendo
Publicidade