Polícia Federal fecha posto de emissão de passaporte em Jundiaí nesta quarta-feira (25)

Polícia Federal fecha posto de emissão de passaporte em Jundiaí nesta quarta-feira (25)

A Polícia Federal optou por manter a decisão de fechar o posto de emissão de passaporte de Jundiaí. A partir desta quarta-feira (25) o serviço deixa de funcionar na cidade. A PF justificou que o fechamento é por falta de recursos para manter o serviço na cidade. 

No início do mês, o Ministério Público Federal entrou com uma ação para impedir o fechamento da unidade já que, de acordo com o procurador, existem contradições no caso. Para manter o posto, a Polícia Federal não pagava aluguel, luz, água e tinha apenas os custos de um funcionário que ficava no local.


O MPF também divulgou uma nota falando sobre as contradições que envolvem o fechamento do posto. A PF informou que está assoberbada de trabalho e que resolveu concentrar seus recursos humanos em Campinas.

LEIA TAMBÉM:
Polícia Federal desativa posto de emissão de passaporte em Jundiaí
Justiça Federal determina conciliação para que emissão de passaportes em Jundiaí seja mantida
Europa passa a exigir autorização de viagem para brasileiros


Em nota, o procurador da República José Lucas Perroni Kalil afirmou que “a Polícia Federal não paga pelo espaço, não paga pelos funcionários, não paga por luz, nem água, nem internet. Apenas os equipamentos são dele” e que o fechamento do posto, o único da cidade, seria um “retrocesso social”.

Os moradores de Jundiaí e região que precisar solicitar a emissão de passaporte, deverão agendar nos postos de Campinas ou São Paulo.

Recomendados para você