Quase 90 mulheres em SP são agredidas por dia pelos companheiros
Conecte-se conosco

Polícia

Quase 90 mulheres em SP são agredidas por dia pelos companheiros

Crimes de lesão corporal e violência doméstica aumentaram 14% nos últimos anos no Estado de São Paulo

Redação

Publicado

em

Quase 90 mulheres em SP são agredidas por dia pelos companheiros
7.907 casos foram registrados no primeiro trimestre deste ano (Foto: Reprodução/G1)

Um apontamento feito pelo G1 e Globo News mostra que os crimes de lesão corporal e violência doméstica aumentaram 14% nos últimos anos no Estado de São Paulo, de acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP) via lei de acesso à informação.

LEIA TAMBÉM:

Filho mata mãe a facadas para comprar cocaína

No primeiro trimestre de 2016 foram registrados 6.937 casos de lesão corporal no âmbito de violência doméstica. Já em 2019 este número sobe para 7.907, segundo a reportagem.

De acordo com o G1, de janeiro até maio, 88 mulheres foram agredidas por dia pelos seus companheiros, namorados e ex-parceiros, ou seja, em média 3,6 mulheres são agredidas por hora.

Os casos de feminicídio tiveram também aumento de 76% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano anterior. Neste ano, 37 mulheres foram vítimas. Em 2018, 21 mulheres.

A Lei Maria da Penha foi criada em 2016 para proteger a mulher que é vítima de violência doméstica. Mas, desde 2015, a legislação prevê punições mais severas a casos de homicídios que se enquadrem em feminicídio, ou seja, quando envolvem “violência doméstica e familiar e/ou discriminação à condição da mulher”.

Fonte: VEJA SP

Polícia

Justiça militar decide soltar 9 que fuzilaram carro de músico no RJ

Integrantes do Exército são réus por homicídio qualificado e omissão de socorro. Evaldo dos Santos Rosa e Luciano Macedo morreram após militares alvejarem veículo com mais de 80 tiros

Redação

Publicado

em

Justiça Militar
Evaldo dos Santos Rosa morreu após o carro que ele conduzia na Zona Norte do Rio ser fuzilado por militares (Foto: Reprodução/Facebook)

O Superior Tribunal Militar (STM) decidiu nesta quinta-feira (23) conceder liberdade a nove dos 12 militares envolvidos na morte do músico Evaldo dos Santos Rosa e do catador de materiais recicláveis Luciano Macedo, no Rio de Janeiro.

Eles estavam presos desde abril por ordem da Justiça Militar. O responsável pela defesa dos militares, o advogado Paulo Henrique Pinto de Melo comemorou a decisão no tribunal:

“É o resultado que a defesa esperava. É a correta aplicação da lei penal. A defesa pacientemente esperou por 50 dias”.

Os 12 militares suspeitos de participar da ação que resultou na morte de Evaldo e Luciano se tornaram réus no dia 11. Eles vão responder por homicídio qualificado, tentativa de homicídio qualificada e omissão de socorro.

De acordo com a Polícia Civil, o carro do músico foi alvejado por um grupamento militar por mais de 80 tiros. Evaldo morreu na hora, mas familiares dele que também estavam no veículo conseguiu escapar.

O delegado responsável pelo caso afirmou que “tudo indica” que os miliares confundiram o carro do músico com o de assaltantes.

O caso aconteceu em Guadalupe, na Zona Norte do Rio, em 7 de abril. Na ocasião, o sogro de Evaldo foi baleado nos glúteos, mas a viúva do músico, o filho de 7 anos e uma amiga do casal não se feriram.

Luciano passava pelo local e tentou a ajudar a família, e também foi atingido e morreu dias depois.

A alta Corte da Justiça Militar, o STM é formado por 15 ministro, sendo quatro integrantes do Exército, três da Marinha, três da Aeronáutica e cinco civis. O presidente do Tribunal só vota em casos de empate.

O julgamento do habeas corpus dos militares começou em 8 de maio, mas foi interrompido por um pedido de vista do vice-presidente da Corte, ministro José Barroso Filho.

Nesta semana, Barroso Filho devolveu o processo para julgamento e a análise do caso foi retomada na tarde desta quinta. No julgamento, mais seis magistrados do STM acompanharam a corrente favorável à soltura dos militares.

Barroso Filho ainda recomendou que o tenente Ítalo, integrante do grupo patente mais alta, permanecesse preso.

Para os outros oito militares, o ministro deu medidas cautelares, recolhimento domiciliar, proibição de porte de armas e proibição de participarem de ações de Garantia da Lei e Ordem.

Barroso Filho também argumentou durante o voto que, na avaliação dele, os soldados não poderiam mais atrapalhar as investigações. No entanto, o magistrado ponderou que o tenente Ítalo, oficial que chefiava o grupamento na ocasião em que ocorreu o fuzilamento do carro do músico, poderia coagir testemunhas e os outros réus.

Apesar de terem sido apresentadas propostas de aplicação de medidas cautelares aos militares, a maioria dos ministros do STM preferiu não determinar restrições e libertar todos os integrantes do Exército que ainda estavam presos, e não somente os soldados.

Fonte: G1

 

Continuar Lendo

Polícia

Motociclista morre em acidente na Anhanguera

Motorista do veículo que bateu na traseira da moto foi preso em flagrante e apresentava sinais de embriaguez, segundo polícia

Redação

Publicado

em

Acidente na Anhanguera
Motociclista morre em acidente na Anhanguera (Foto: Sidnei Silva)

Um motociclista de 32 anos morreu após ser atingido por um carro no km 58 da Rodovia Anhanguera, em Jundiaí (SP), na madrugada desta quarta-feira (22).

Segundo policiais, o motorista do veículo que causou o acidente estava embriagado e foi preso em flagrante.

Ainda de acordo com a polícia, Manoel Noberto Alexandre transitava em baixa velocidade na segunda faixa de rolamento da via quando foi atingido na traseira pelo carro e foi arrastado por cerca de 100 metros do ponto da batida.

Equipe de resgate foi acionada, mas chegando ao local constataram que o rapaz havia morrido no local.

Ao chegar no local da batida, policiais notaram sinais de embriaguez, o que foi confirmado através de exames clínicos.

LEIA TAMBÉM:

Homem morre em troca de tiros com policiais após assaltar residência em Jundiaí

Homem é preso após aplicar golpes em Jundiaí

O motorista foi preso em flagrante e encaminhado para uma delegacia da cidade, onde foi elaborado boletim de ocorrência de homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Fonte: G1

Continuar Lendo

Polícia

GM que pulou em represa para salvar mulher recebe homenagem

Ele evitou um suicídio no início do mês em uma barragem

Redação

Publicado

em

GM
GM que pulou em represa para salvar mulher recebe homenagem (Foto: Divulgação/GMJ/Jundiaí)

O Guarda Municipal (GM), Márcio Cristiano, foi homenageado pelo prefeito Luiz Fernando Machado, nesta segunda-feira (20), pelo seu gesto heroico ao evitar um suicídio no início do mês.

“Sentimos grande orgulho por este ato do GM Cristiano. Ele caracteriza a verdadeira essência do trabalho realizado diariamente pelos Anjos de Azul”, ressaltou o prefeito, que recebeu Márcio no Paço Municipal.

Márcio tem 46 anos, é casado com a também GM Adriana. Ele integra a Guarda Municipal de Jundiaí há 24 anos. Começou sua carreira na Divisão Florestal, depois Apoio Tático, Corregedoria, Canil e hoje atua na Ronda Escolar.

“Durante uma ocorrência, é preciso que tenhamos a sensibilidade necessária, uma vez que são situações diárias e sempre diferentes. Diante do fato, pensei com muita cautela em cada detalhe, é tudo muito rápido: faria tudo novamente.”, afirmou.

A homenagem também contou com as presenças do inspetor Benedito Marcos Moreno e o subinspetor Sandro Donizeti Vilas Boas (comandante e subcomandante da GMJ), e outros membros da Polícia Militar e da Casa Civil.

LEIA TAMBÉM:

Idoso perdido há uma semana é resgatado em mata de Cabreúva

Alunos da Emeb do Fazenda Grande recebem atividades do programa ‘Educavi’

“O GM Cristiano destaca-se dentro da tropa por sua postura séria e a atitude que comoveu a todos. Sempre amigo e grande profissional, definitivamente o Cristiano é um exemplo para todos nós, principalmente para as futuras gerações que chegam integrando a Corporação”, declarou o titular da Gestão de Segurança (UGSM), Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel, ao lado do gestor em exercício, Diógenes Torqueto.

Clique aqui e assista o vídeo do resgate.

Continuar Lendo

Polícia

Homem morre em troca de tiros com policiais após assaltar residência em Jundiaí

Trio armado rendeu um comerciante que saía para trabalhar e roubou uma picape, televisão e uma bolsa

Redação

Publicado

em

Troca de Tiros
Comparsas fugiram (Foto: Bárbara Leão/TV TEM)

Um homem morreu na manhã deste domingo (19), em Jundiaí (SP), durante troca de tiros com policiais militares. Segundo a PM, o trio suspeito assaltou uma casa no bairro Água Doce.

A Polícia Militar informou que a vítima estava saindo para trabalhar quando foi abordada pelo trio armado. O comerciante chegou a ser agredido durante o assalto. Os criminosos fugiram levando uma picape, uma televisão e uma bolsa.

A Polícia Miliar foi acionada e encontrou os suspeitos no Distrito Industrial, onde houve o confronto. Os suspeitos atiraram e a polícia revidou, acertando um dos indivíduos, que morreu no local.

Os outros dois suspeitos conseguiram fugir para uma área de mata. O helicóptero Águia, da PM, foi chamado para ajudar nas buscas, mas a dupla não foi encontrada.

LEIA TAMBÉM:

Carro de luxo furtado em Goiânia é encontrado em Jundiaí

Policiais rodoviários são presos por cobrarem propina em casa noturna de Jundiaí

O veículo e os objetos foram recuperados. As armas também foram apreendidas.

Fonte: G1

Continuar Lendo

Polícia

Criminoso em série de Jundiaí pode ter agido em São Paulo

Ele oferecia vagas de emprego e cometia estupros em Jundiaí

Redação

Publicado

em

criminoso em série jundiaí
Sérgio morava na zona sul de SP (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A polícia suspeita que um estuprador que abordava mulheres na fila de emprego em Jundiaí (SP) pode ter cometido esse mesmo crime em São Paulo.

Sérgio Alberto Monteiro é morador da Zona Sul de São Paulo e foi preso no dia 30 de abril após uma tentativa de estupro em Jundiaí. Ele havia também roubado o celular da vítima, sendo preso em flagrante também por roubo.

Ele viajava até Jundiaí de trem e oferecia empregos para mulheres na frente de agências do Centro da cidade. Então, fazia a abordagem da vítima, recolhia um currículo com as informações pessoais e as levavam a um matagal na Vila Ana.

De acordo com o relato de uma vítima não identificado ao programa Balanço Geral, da Record, ele ofereceu um celular “mais barato” para vítima e disse que morava perto do Terminal Central.

A jovem de 18 anos acompanhou Sérgio que a levou para o mesmo matagal na Vila Ana, onde cometeu o crime.

“O tempo todo eu pensava que eu ia morrer. O tempo todo. Nossa, eu só chorava, eu ficava em estado de pânico e sem poder gritar e sem poder fazer nada.”

Ela ainda relatou que o criminoso a acompanhou até o serviço para evitar que ela chamasse a polícia.

Fonte: R7 Notícias

Continuar Lendo

Polícia

Incêndio atinge casa na rua XV de Novembro

Ainda não se sabe o motivo do fogo; não há vítimas

Letícia Rodrigues

Publicado

em

Bombeiros estão no local
Bombeiros estão no local neste momento (Foto: Tereza Cristina Rita)

Uma residência na rua XV de novembro, no Centro de Jundiaí, pegou fogo no início da tarde deste sábado (11).

O Corpo de Bombeiros de Jundiaí está, neste momento, atendendo a ocorrência.

De acordo com o soldado Flórido, ao Tribuna de Jundiaí, por volta de 14h20 o fogo já estava controlado e os bombeiros iriam iniciar o rescaldo.

LEIA MAIS

Motos batem de frente e dois morrem em Jarinu

Jundiaiense ganha R$ 328 mil na Lotofácil

Não se sabe ainda as causas do incêndio. Não há vítimas.

Continuar Lendo

Polícia

Assaltante que morreu baleado estava com autorização de ‘saidinha’ do Dia das Mães no bolso

Dupla foi morta pelo dono da residência em Jarinu (SP)

Redação

Publicado

em

Suspeito que morreu baleado em assalto estava com autorização de ‘saidnha’ do Dia das Mães
Os dois morreram no local (Foto: Arquivo pessoal)

Um dos criminosos baleados ao tentar assaltar a chácara de um ex-praticante de tiro esportivo, na manhã de quinta-feira (09), em Jarinu (SP), morreu com o documento de autorização para saída temporária de Dia das Mães no bolso.

O comparsa também não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

LEIA TAMBÉM:

Morador atira em suspeitos de assalto e mata dois

O documento mostra que Edilson de Paula, de 36 anos, deixou a penitenciária de Tremembé (SP), às 7h de terça-feira (07) e tinha até segunda-feira (13) para retornar à unidade.

De acordo com a Polícia Civil, o outro rapaz, Weverton Aureliano, de 30 anos, havia deixado a prisão em dezembro. Os dois tinham várias passagens na polícia por crimes como roubo, homicídio, porte de arma e tráfico de drogas.

Segundo o delegado Rafael Diorio, a arma usada na ação era documentada e estava sendo preparada para um inventário, pois não era mais utilizada.

Durante a tentativa de roubo, um dos criminosos foi baleado na cabeça e o outro no abdômen quando a dupla rendeu o casal, que saía para trabalhar.

Percebendo o roubo, uma das vítimas conseguiu alcançar a arma e atirou contra os suspeitos, que morreram no local.

O dono da arma foi ouvido na delegacia e não quis comentar o assunto. O caso foi registrado como legítima defesa na delegacia da cidade. A arma foi apreendida.

Fonte: G1

Continuar Lendo

Polícia

Carro de luxo furtado em Goiânia é encontrado em Jundiaí

Veículo foi furtado durante um teste drive.

Larissa Melo

Publicado

em

Veículo furtado em Goiânia é achado em Jundiaí
Veículo foi furtado em Goiânia (Foto: Divulgação/GMJ)

Uma equipe da Ronda Escolar ‘Anjos da Guarda’ localizou na manhã de quinta-feira (09), no Centro de Jundiaí (SP), um Mercedes-Benz modelo GLA 200, ano 2018, com queixa de furto.

LEIA TAMBÉM:

Ronda Escolar detém dupla com carga roubaa no Jardim Novo HorizonteMotorista bate em poste na Luís Latorre

Policiais rodoviários são presos por cobrarem propina em casa noturna de Jundiaí

Morador atira em suspeitos de assalto e mata dois

Os guardas Guilhen e Merigui que integram a Ronda Escolar receberam uma informação da Polícia Civil para verificar a situação do veículo que estava em um estacionamento na Avenida Nove de Julho.

Ao pesquisar o veículo, ficou constatado que ele havia sido furtado de uma revendedora de automóveis na cidade Goiânia (GO) durante um teste drive.

A ocorrência foi encaminhada até a Polícia Civil para elaboração do boletim de ocorrência. O caso segue sendo investigado.

Continuar Lendo