Violência contra a mulher: solicitações de medidas protetivas online crescem 23% em SP
Conecte-se conosco

Polícia

Violência contra a mulher: solicitações de medidas protetivas online crescem 23% em SP

Publicado

em

Atualizado há

violência contra mulher, uma mulher sentada no chão com a cabeça abaixada e a sombra de um homem com o punho fechado ameaçando
Mulheres buscam amparo online para enfrentar a violência e garantir sua segurança através de medidas protetivas (Foto: Canva)

O crescimento de 23% no número de medidas protetivas de urgência (MPU) solicitadas pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) online de São Paulo é um indicativo significativo de como a acessibilidade digital pode impactar positivamente na proteção das mulheres. Com a facilidade de solicitar proteção legal contra agressores de forma online, mais mulheres parecem se sentir empoderadas para buscar ajuda em situações de violência.

Este aumento também reflete a importância das campanhas de conscientização sobre os direitos das mulheres e os diversos tipos de violência que podem sofrer, não se limitando apenas à violência física, mas incluindo também a psicológica, patrimonial e sexual. A disponibilização de canais digitais, como o site da delegacia eletrônica e o aplicativo SP Mulher Segura, desempenha um papel crucial em tornar o processo de denúncia mais acessível e menos intimidador para as vítimas. Para acessar uma DDM online, basta clicar aqui.

Além disso, a expansão das DDMs físicas e as inovações como monitoramento de agressores por tornozeleira eletrônica mostram um esforço contínuo para fortalecer a rede de proteção às mulheres. Iniciativas como o São Paulo Por Todas, que busca aumentar a visibilidade das políticas públicas para mulheres e promover autonomia, são essenciais para um combate mais efetivo à violência de gênero. Clique aqui para conferir a relação completa das DDMs do estado de São Paulo.

Estas medidas, junto com o apoio jurídico e psicológico disponível, são vitais para quebrar o ciclo de violência, garantindo que as vítimas não apenas recebam proteção, mas também tenham recursos para reconstruir suas vidas. A digitalização dos serviços de proteção à mulher é um avanço louvável que, esperamos, seja replicado e aprimorado em outras regiões.

Polícia

Homem condenado à prisão por estupro é preso em Jundiaí

Durante abordagem no Jardim Santa Gertrudes, os policiais confirmaram que o homem de 37 anos estava foragido da Justiça.

Publicado

em

Mulher vítima de violência se protegendo com os braços
Foto: doidam10/Canva

Na tarde desta quarta-feira (22), a polícia prendeu um homem de 37 anos, condenado a 10 anos de prisão por estupro, em Jundiaí. A prisão aconteceu na rua Ricardo César Fávaro, no bairro Jardim Santa Gertrudes. De acordo com relatos dos policiais, os agentes realizavam patrulhamento pela região quando avistaram e abordaram o indivíduo. Ao consultar o sistema, os policiais…

Continuar lendo

Polícia

GM Jundiaí apreende drogas no bairro Morada das Vinhas

Os entorpecentes foram apreendidos e um homem detido por tráfico de drogas.

Publicado

em

Cão policial K9 ao lado de uma mesa com apreensões de drogas e dinheiro durante operação de combate ao tráfico em área urbana de Jundiaí.
Foto: Guarda Municipal de Jundiaí

Durante patrulhamento de rotina pelo bairro Morada das Vinhas, a equipe do Canil da Guarda Municipal (GM) de Jundiaí apreendeu várias porções de drogas. Os guardas adentraram a Rua Diamante Negro, local conhecido como ponto de venda de drogas, e se depararam com um indivíduo que, ao avistar a viatura, fugiu em direção a uma área de mata. Após breve…

Continuar lendo

Polícia

Jundiaí registra dois casos de violência contra idosos em um dia

Uma cuidadora foi presa suspeita de agredir uma mulher de de 77 anos e um homem foi preso após invadir um asilo para xingar a mãe acamada de 81 anos.

Publicado

em

Imagem mostra uma idosa em cadeira de rodas sendo ameaçada por um homem com punho fechado em um parque, simbolizando violência contra idosos.
Foto: Canva Pro

Dois casos de violência contra idosos mobilizaram a Guarda Municipal de Jundiaí na tarde desta terça-feira (21). Em ambos os episódios, as autoridades prenderam os suspeitos em flagrante. No bairro Jardim Tamoio, a guarda deteve uma cuidadora após suspeitas de agredir uma idosa de 77 anos. A síndica do condomínio acionou a Guarda Municipal após o zelador ouvir pedidos de…

Continuar lendo

Polícia

Governo de SP anuncia contratação de 12 mil novas câmeras corporais para PM

As novas câmeras têm funcionalidades como reconhecimento facial, leitura de placas de veículos e melhoria na conectividade com possibilidade de transmissão ao vivo.

Publicado

em

Policial Militar do Estado de São Paulo com arma nas mãos e câmera corporal no peito.
O edital previa a compra de 10,1 mil equipamentos, mas o número foi ampliado para 12 mil (Foto: Governo do Estado de São Paulo)

O Governo de São Paulo publicou hoje o edital para a contratação de 12 mil novas câmeras corporais para PMs do estado. As novas câmeras representam um aumento de 18% no número de equipamentos disponíveis. Além disso, as câmeras têm funcionalidades como reconhecimento facial, leitura de placas de veículos, melhoria na conectividade com possibilidade de transmissão ao vivo, entre outras.…

Continuar lendo

Polícia

Guarda Municipal de Jundiaí é morto pelo filho em SP

A esposa e a outra filha do Guarda também foram mortas. O jovem de 16 anos ligou para a polícia e confessou o crime. Saiba mais.

Publicado

em

Guarda Municipal de Jundiaí é morto pelo filho adotivo em SP
Isac Tavares Santos trabalhava na Divisão Florestal da Guarda Municipal de Jundiaí desde 2012 (Foto: Guarda Municipal de Jundiaí)

Isac Tavares Santos, Guarda Municipal de Jundiaí, foi assassinado pelo filho adotivo, um adolescente de 16 anos. O menor também confessou ter matado a esposa do guarda, Solange Aparecida Gomes, de 50 anos, e a filha do casal, Letícia Gomes Santos, de 16 anos. De acordo com o boletim de ocorrência, o adolescente ligou para a Polícia Militar, na noite…

Continuar lendo