Mãe participa junto com filhas dos treinos de ginástica rítmica
Conecte-se conosco

Esportes

Mãe participa junto com filhas dos treinos de ginástica rítmica

Redação

Publicado

em

Esportes

Corrida das Crianças reúne público de 2 mil pessoas no Bolão

Realização foi um sucesso e contou com 500 crianças de três a oito anos participando da corrida. Após a competição, todos receberam medalhas de participação

Redação

Publicado

em

Corrida das Crianças
Ao todo, 500 crianças participaram da corrida (Foto: Flickr/Jundiaí)

Na manhã deste domingo (19), ocorreu a primeira edição da Corrida das Crianças, cerca de 2 mil pessoas, entre adultos e crianças estiveram no evento realizado na pista de atletismo do Bolão, em Jundiaí.

O objetivo da corrida, que faz parte da aplicação das políticas públicas da ‘Criança na Cidade’, é promover a prática de esporte para crianças, o evento também marcou a inclusão e teve vários inscritos com deficiências.

A estrutura foi completa, com muita organização e uma festa para a criançada que se divertiu bastante com as atividades.

Ao todo, foram 500 atletas mirins, com idades entre 3 e 8 anos de idade, acompanhados de seus pais, que participaram das provas de 50 metros e 150 metros, conforme a faixa etária.

Corrida das Crianças

Corrida das Crianças, na pista de Atletismo do Bolão (Foto: Flickr/Jundiaí)

Todos ganharam medalha de participação e um kit com fruta e barrinhas de cereais.

“Jundiaí hoje se transforma na Cidade das Crianças. Temos muitas iniciativas em andamento preparadas com muito carinho para elas. Com a realização desta 1ª. Corrida estamos promovendo e fortalecendo a integração entre as famílias, o acolhimento, a aproximação cada vez maior: se é bom para as crianças, é bom para toda a comunidade”, declarou o prefeito Luiz Fernando Machado que fez questão de dar a largada durante as provas.

Os pais também aprovaram a iniciativa, os pais Juliana e Érico Eguti, que moram na Vila Esperança, são corredores e adoraram ver seus filhos, Arthur, de 4 anos, e Igor, de 6 anos, participando da corrida.

Já para Ivan Aparecido dos Santos, morador do Parque Centenário, foi emocionante e até chorou ao ver o filho Bernardo, de 3 anos, participando da corrida.

LEIA TAMBÉM:

Vítor dá lição de vida e vai com tudo na Correria das Crianças 

Jundiaiense é o oitavo melhor jogador do mundo no game FIFA

A tia Isabela Badem Ferreira é do bairro do Engordadouro, e acompanhou os sobrinhos Diego, de 8 anos, e Ísis, de 4 anos. “É um importante incentivo ao esporte: correr e se divertir”, ressalta.

Continuar Lendo

Esportes

Jundiaiense é o oitavo melhor jogador do mundo no game FIFA

Ebinho Filho representou o Brasil no campeonato FIFA eNations Cup London 19, conhecido como a “Copa do Mundo do game FIFA”

Redação

Publicado

em

Oitavo melhor jogador do mundo
Ebinho Filho com camiseta da seleção brasileira (Foto: Reprodução/Lance!)

O jundieinse, Ebinho Filho, se tornou destaque nos jogos eletrônicos, isso porque ele está classificado como o oitavo melhor jogador do mundo no game FIFA do Xbox. Ele faz parte do time Wolverhampton Wanderers.

O jogo online só precisa de uma boa conexão com a internet e uma plataforma (celular ou computador) para começar uma partida. Ebinho joga todas suas partidas do seu quarto e, apenas, na final ele se desloca para o campeonato presencial.

Ele já participou do torneio ‘Mundialito FIFA’ e, assim, conseguiu entrar na seleção brasileira no 1º FIFA eNations Cup London 19, campeonato conhecido como a “Copa do Mundo dos Esportes Eletrônicos”.

Durante este campeonato, a seleção brasileira chegou a final e perdeu para o time da França.

Talento desde cedo

Ebinho já jogou na base do time Portuguesa e desde muito cedo apresentava talento em campos reais e virtuais.

“Sempre dei baile. Não só lá [em campo], como em partidas com meus amigos daqui de Jundiaí, da escola e em meus primos, principalmente, apanharam bastante”, afirmou em entrevista ao ‘Esporte Fantástico’.

LEIA TAMBÉM:

Panini lança álbum de figurinhas da Copa do Mundo Feminina

Vítor dá lição de vida e vai com tudo na Corrida das Crianças

Atualmente, o jovem que torce pelo Palmeiras e para o Boca Juniors, da Argentina, planeja fazer seu escritório para jogar suas partidas e segue treinando diariamente.

Com informações do Esporte Fantástico e R7 Notícias.

Continuar Lendo

Esportes

Vítor dá lição de vida e vai com tudo na Corrida das Crianças

O pequeno Vítor tem a mobilidade reduzida e, por meio de um colete em que se apoia na mãe, ele também vai participar do evento

Letícia Rodrigues

Publicado

em

Com 4 anos, ele vai dar um show de inclusão (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

No domingo (19), o Bolão vai receber a primeira Corrida das Crianças, com o intuito de difundir a prática esportiva entre os pequenos.

Um dos que vão participar é o Vítor, de 4 anos, dando um show de inclusão: mesmo com a mobilidade reduzida, ele vai juntinho com sua mãe, por meio de um colete próprio.

O colete será colocado nele e na mãe e, durante o percurso, o aparato vai permitir com que ele possa se locomover por meio do apoio do corpo dela.

“Quando eu vi que ia ter o evento fiquei já fiz a inscrição. Nós vamos chegar até o final, se não for com o colete, vai ser no meu colo ou na cadeira de rodas. Mas eu quero que ele participe, porque é uma corrida para as crianças e ele é criança também”, conta a mãe, Andrea Fazan.

E, mesmo com a mobilidade reduzida, a mãe conta que ele gosta muito de se movimentar e conversa por meio do sorriso e do olhar. “Levo ele em todos os lugares. No ano passado ele até dançou na Festa Junina da escola por meio do colete, junto com a professora”, relembra.

LEIA MAIS

Professora de Jundiaí ganha prêmio com projeto que ensina gentileza a alunos

Menino se emociona ao ganhar primeiro pedaço do bolo de irmão e vídeo viraliza

Vítor é portador de paralisia cerebral grau 5, após falta de oxigenação no cérebro causada pela aspiração de mecônio. “Durante a gravidez não houve nenhuma intercorrência, apenas na hora do parto”, diz a mãe.

Andrea ainda reitera que, independente de qualquer coisa, sempre vai dar um jeito de fazê-lo andar e ver o mundo. “Não tem problema se ele não andar, eu serei sempre a perna dele”, continua.

Ela ainda diz que, na primeira vez que andou com o filho por meio do colete, sentiu que ele era parte do seu próprio corpo. “É um momento de interação entre mãe e filho”, conta.

“Não tem problema se ele não andar, eu serei sempre a perna dele”, diz a mãe (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

A corrida

Cerca de 500 crianças vão participar do evento, na pista de atletismo do Bolão no domingo (19), a partir das 08h. Além de Vítor, haverá também outras crianças com deficiência.

O evento é uma das atividades que a Prefeitura de Jundiaí desenvolve para a aplicação das políticas públicas direcionadas para as crianças na cidade.

“O evento é um sucesso, encerramos as 500 vagas em menos de 24h. Queremos propor uma experiência positiva do esporte para essas crianças. E nós temos a visão do todo: independente de mobilidade, da condição social, queremos universalizar o acesso a essas políticas públicas”, explica o assessor da Unidade de Gestão de Esporte e Lazer (UGEL) da Prefeitura de Jundiaí, Felipe Cunha.

Para a vice-diretora da Escola Superior de Educação Física (ESEF), as crianças tem o impulso de se movimentar e o sedentarismo vai contra o impulso natural dessa fase da vida.

“A nossa forma de ser, principalmente das crianças, está baseado no 3D, no pegar, no sentir, no interagir. Isso requer movimento e gera, além de ganhos físicos, o desenvolvimento das redes neurais”, reiteira.

Durante a manhã o espaço do Bolão ainda receberá outras atividades para toda a família.

Continuar Lendo

Esportes

Corrida das Crianças será neste domingo (19)

Ao todo, serão 500 crianças nascidas entre 2016 e 2011 que percorrerão trajetos determinados, conforme a idade

Redação

Publicado

em

Corrida das Crianças terá espaço kids e praça de alimentação
Imagem ilustrativa (Foto: Internet)

A Corrida das Crianças, que anteriormente estava prevista para o dia 14 de abril, será realizada no próximo domingo (19), na pista de Atletismo do Bolão, a partir das 8h, com a entrega dos kits aos atletas mirins.

Ao todo, serão 500 crianças nascidas entre 2016 e 2011 que percorrerão trajetos determinados, conforme a idade.

LEIA TAMBÉM:

Complexos Esportivos de Jundiaí passam por melhorias

Escola de Dança Kahal, de Jundiaí, vai participar de quadro no Faustão

A prova começará às 8h30 quando todas crianças tiverem recebido os seus kits, com pulseiras, fruta, água e camiseta.

Segundo o assessor especial da Unidade de Gestão de Esporte e Lazer (UGEL), Felipe Cunha, para a nova data forma adotadas medidas especiais em caso de mau tempo, como da última vez.

“Em situação de chuva no horário da prova, como aconteceu na da data anterior, o evento será automaticamente transferido para o período da tarde. A comunicação será feita por meio de mensagens quanto pela página do evento”, explica.

Caso a criança não consiga participar nesta nova data, o assessor recomenda que os pais avisem e cancelem a inscrição do filho.

Além da corrida, o evento terá atividades esportivas abertas, brincadeiras e food trucks.

Continuar Lendo

Esportes

Diego Hypolito fala pela primeira vez sobre sua sexualidade: “Eu sou gay”

Ele ainda revelou que o sonho olímpico o fez esconder sua sexualidade, mas que hoje conta para “encorajar outras pessoas”

Redação

Publicado

em

Um dos motivos do atleta não ter falado sobre o assunto antes era o medo de perder patrocínios e prejudicar sua carreira (Foto:

“Nunca mais vou deixar de viver o que eu sou. Eu sou gay”. Aos 32 anos, o ginasta Diego Hypolito, dono de uma das carreiras mais vitoriosas da modalidade no país, decidiu falar pela primeira vez sobre sua sexualidade.

Em uma entrevista ao site “UOL”, ele se abriu sobre sua homossexualidade e, mais do que isso, contou como sofreu, sobretudo, com a “solidão de não ter com quem compartilhar os dilemas de uma pessoa gay em uma sociedade preconceituosa”, como ele próprio disse.

“Todo mundo me zoava, zombava do meu jeito (…). Eu tinha certeza que se um dia eu saísse do armário publicamente, perderia patrocínios e minha carreira seria prejudicada”, disse.

Para ele, um dosm otivos de ter falado publicamente sobre sua sexualidade é dar coragem a outras pessoas que passam pelo mesmo.

“Estamos num tempo de mudança e precisamos mostrar um bom exemplo independentemente de sexualidade. As pessoas têm que entender e respeitar as pessoas como elas são. Eu vejo até muitas pessoas se suicidando, e isso é uma coisa que me preocupa bastante. A gente precisa mudar essa visão, ninguém é melhor que ninguém, ninguém é diferente de ninguém, por que não dar a oportunidade para outras pessoas também se sentirem assim?”, disse o ginasta em entrevista ao GloboEsporte.com.

LEIA MAIS

Morte de Ayrton Senna faz 25 anos

Panini lança álbum de figurinhas da Copa do Mundo Feminina

O medo de Diego Hypolito, como ele mesmo contou, teve a ver com sua religião. Com uma grande tatuagem de Jesus Cristo no braço, criado na igreja e, até hoje, frequentador dos cultos da Bola de Neve, ele disse que, em sua cabeça, ser gay era “coisa do demônio”.

Mas, independente de qualquer coisa, Diego diz que vai continuar seguindo sua religião e “quem vai julgá-lo é Deus”.

“O que faço com isso é pedir mais respeito. O que quero é que realmente que as pessoas sejam mais livres, não levanto nenhum tipo de bandeira, não vou mudar minha personalidade por causa disso, mas ao mesmo tempo também preciso ser livre. Eu acredito que as pessoas nascem assim”, continuou.

Diego já ganhou dois títulos e três medalhas em Mundiais, além de uma prata na Olimpíada do Rio, em 2016. Essa medalha, aliás, veio após um drama pessoal: Diego sofreu com uma síndrome de pânico e, depois do pódio, passou a ser visto como um exemplo de superação e perseverança.

“Sei que pode ter gente que vai deixar de gostar de mim depois de conhecer a minha história, sei que no culto posso viver situações de preconceito, sei que vir a público e falar tudo isso pode irritar algumas pessoas. Ninguém é obrigado a entender nada, mas é obrigado a respeitar. Nunca mais vou deixar de viver o que eu sou. Eu sou gay”, concluiu na entrevista”.

Continuar Lendo

Esportes

Em nova virada, Paulista bate União de Mogi: 3 a 1

Tricolor vence Mogi e enfrenta Joseense no próximo sábado

Larissa Melo

Publicado

em

Paulista vence Mogi

De virada, o tricolor de Jundiaí venceu mais uma no Campeonato Paulista da segunda divisão. Com gols de Joaquim, Jefferson e Tuxa.

LEIA TAMBÉM:

De virada, Paulista vence em casa e assume liderança

Panini lança álbum de figurinhas da Copa do Mundo

Campolimpense é tricampeão brasileiro de Jiu-jitsu

Campolimpense corre ultramaratona de 56 km na África do Sul

O próximo compromisso do tricolor será no próximo sábado (11), às 10h, em São José dos Campos, contra o Joseense.

Continuar Lendo

Esportes

Complexos Esportivos de Jundiaí passam por melhorias

Investimentos passa de R$ 4 milhões

Redação

Publicado

em

CECEs passam por reformas
Kalinda Timpone Rittoni com os filhos (Foto: Divulgação/ Assessoria de Imprensa)

Com investimento acima de R$ 4 milhões, a Unidade de Gestão de Esporte e Lazer (UGEL) tem a meta de ampliar a oferta de espaços e atividades físicas nos Complexos Educacionais, Culturais e Esportivos (CECEs) para a população de Jundiaí.

LEIA TAMBÉM:

Residencial Camélia: futuros moradores visitarão obras em junho

Prefeitura de Jundiaí anuncia investimento na segurança do Jardim Santa Gertrudes

As obras já estão espalhadas em vários bairros da cidade, a estimativa é ampliar, no mínimo, 20% a oferta para o uso da população diretamente ou para novas turmas.

“Os investimentos realizados nos Complexos Esportivos estão em andamento desde o início da gestão e muitas melhorias já são vistas e usufruídas pela população, como é o caso da iluminação da Pista de Atletismo do Bolão e a troca do piso do ginásio do CECE Pedro Raymundo”, comenta o prefeito Luiz Fernando Machado.

Segundo o gestor da UGEL, Luiz Trientini, além de ampliar a oferta de espaços para a prática de atividades, a meta é ampliar a acessibilidade dos locais, com qualidade e segurança.

Acessibilidade

Para Kalinca Timponi Rittoni e seus filhos, André e Clara, de 11 anos, as melhorias da quadra de tênis do Bolão fora essenciais. Os gêmeos nasceram prematuros de 28 semanas, a menina tem uma pequena deficiência na marcha e o menino é cadeirante por ter mielomeningocele na formação.

Os dois fazem parte do Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas (PEAMA) e, a partir da construção da rampa de acessibilidade, a entrada no espaço ficou melhor.

“O André entra sozinho. A acessibilidade é importante para a autonomia. O espaço que foi construído ao lado da quadra, para a área administrativa e de vestiário do PEAMA garante conforto para os professores e alunos”, comenta.

Balanço

O levantamento das obras apresentado pela Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) dá conta da conclusão de 100% do vestiário das quadras de tênis do CECE Dr. Nicolino de Luca, o Bolão, inclusive com as rampas de acessibilidade para o espaço. A entrega oficial do espaço será agendada em breve.

O valor foi de R$ 516 mil (sendo R$ 25,4 mil de contrapartida da Prefeitura). Em ritmo acelerado, existe a construção da arquibancada do complexo aquático da cidade, com 76% da obra executada (que tem valor estimado em R$ 989,1 mil).

O CECE Vanderlei Sperandio, no Santa Gertrudes, está com 28% das obras de construção da sala de administração, pista de skate e sala de ginástica executadas, com valor previsto de R$ 517 mil.

Já o CECE Antonio de Lima, na Agapeama, contam com a construção de sala de ginástica e demais espaços e estão com 50% da obra executada.  O investimento é de R$ 675 mil (sendo R$ 33 mil de contrapartida da Prefeitura).

Iniciada no mês de março, a construção de vestiários do CECE Pedro Raymundo, na Vila Rio Branco, em pouco mais de um mês as intervenções registram 10% de realização. Para essa construção, o valor de investimento é de R$ 1.146.934,11. Ainda está em execução obras no CECE Helena Cestari, Vila Comercial, no valor de R$ 517 mil.

Já foram entregues, no ano passado, a requalificação no piso do ginásio do CECE Pedro Raymundo, no valor de R$ 310 mil, e investimento no valor de R$ 134 mil para a nova iluminação da pista de Atletismo do Bolão.

Continuar Lendo

Esportes

De virada, Paulista vence em casa e assume liderança

Time começou perdendo por 2 a 0 e virou nos acréscimos do segundo tempo

Redação

Publicado

em

Jogadores do paulista
Paulista assume liderança (Foto: Gustavo Amorim)

O Paulista de Jundiaí venceu, nesta quarta-feira (1), o Amparo por 3 a 2, em partida válida pela Série B do Campeonato Paulista.

LEIA TAMBÉM:

Panini lança álbum de figurinhas da Copa do Mundo Feminina

Complexos Esportivos de Jundiaí passam por melhorias

Campolimpense é tricampeão brasileiro de Jiu-jitsu

Campolimpense corre ultramartatona de 56 km na África do Sul

Os gols foram marcados por Pedro, Tuxa e Victor Emerson. A vitória emocionante aconteceu de virada, após o tricolor jundiaiense sair perdendo por 2 a 0, no primeiro tempo.

3 a 2

Momento decisivo do jogo (Foto: Gustavo Amorim)

O gol da vitória saiu nos acréscimos do segundo tempo.

O próximo compromisso do tricolor jundiaiense será no sábado, às 15h, contra o União Mogi, no Estádio Dr. Jayme Cintra.

Continuar Lendo