Produção de frutas vermelhas cresce em Jundiaí com agroecologia e comércio
Conecte-se conosco

Jundiaí

Produção de frutas vermelhas cresce em Jundiaí com agroecologia e comércio

Culturas nativas da América do Norte têm encontrado na cidade um espaço importante para o aumento da produção

Publicado

em

Atualizado há

Produção de frutas vermelhas cresce em Jundiaí. Foto: Prefeitura de Jundiaí

Também conhecidas como “berries”, as frutas vermelhas, que são culturas originalmente nativas da América do Norte, têm encontrado em Jundiaí um espaço importante para o aumento da produção. Com o desenvolvimento de novas tecnologias, essas espécies significam uma oportunidade de diversificação de culturas na região. As produções na cidade são acompanhadas pela Unidade de Agronegócio, Abastecimento e Turismo (UGAAT), da Prefeitura de Jundiaí, através de diversos programas de fomento ao agricultor.

Eva Vilma Manchini de Campos começou a plantação de framboesa, mirtilo, amora e morangos há pouco mais de um ano em caixas com manejo controlado. A produção, que se iniciou experimentalmente em pneus, agora ocupa uma estufa da propriedade no Rio Acima. Nos próximos meses, outras duas estufas também estarão produzindo. “Sempre fui apaixonada por frutas vermelhas. Além das propriedades medicinais e também pela cor e sabor. Como estou com um projeto de agroecologia, quero trazer as crianças para o sítio e fazer práticas pedagógicas e de convívio na natureza”, disse. A produção tem aproximadamente 300 pés. Ela também comercializa geleias.

Como a produção de “berries” ainda é muito nova na cidade, os dados do Levantamento Censitário das Unidades de Produção Agropecuária (LUPA) para a cultura de frutas vermelhas na cidade apresentam apenas a produção de morango, com 21 propriedades, totalizando 16,2 hectares. “As tecnologias do cultivo de morango também se encaixam na produção das outras frutas vermelhas. E também são frutas que o produtor consegue manejar em espaços menores e com a família”, disse o engenheiro agrônomo da UGAAT, Sérgio Pompermaier.

Plantação de framboesa, mirtilo, amora e morangos. Foto: Prefeitura de Jundiaí

Janaina Michelin, do bairro Bom Jardim, também é um exemplo da nova produção na cidade. Nunca tendo produzido em escala comercial, escolheu justamente as berries, em especial o mirtilo, para começar a pequena plantação com 20 pés em substrato. “Tem um tempo que estava nesse impasse de produzir. Como minha área é pequena, fui pesquisar o que daria pra fazer, e me interessei pelos frutos vermelhos. Com a planta no substrato, a gente consegue controlar controlar o pH da terra, o que favorece o plantio”, disse.

“Dada a relevância que a produção das frutas vermelhas voltou a ganhar em Jundiaí, principalmente com o morango, estamos planejando um evento do Cultivo Protegido, no dia 29 de novembro, e que será voltado para a produção dessas culturas. O objetivo é orientar os agricultores e levar importantes orientações e trocas de experiências”, disse a diretora de Agronegócio de Jundiaí, Isabel Harder.

A Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), do Governo do Estado, também atua em parceria com a Prefeitura para promover assistência técnica que abrange as etapas da cadeia produtiva das frutas vermelhas. “A demanda por essas frutas é crescente, pois são frutas ricas em nutrientes, e que têm uma demanda enorme por restaurantes, padarias e confeitarias. Além do turismo rural, pois são muito usadas também em ações com visitantes”, lembrou o gestor da UGAAT, Eduardo Alvarez.

Jundiaí

Jovens do ‘Ressignificando histórias’ compartilham experiências com o projeto em Jundiaí

Publicado

em

Por

No Arquivo, as atividades desenvolvidas pelos jovens são a digitalização, catalogação e higienização de documentos (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

Numa iniciativa intersetorial das Unidades de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS) e de Cultura (UGC), o projeto “Ressignificando Histórias” continua impactando a vida de jovens atendidos pelos serviços da rede socioassistencial do Município. Com início em agosto do ano passado, o projeto segue com esta turma até o próximo mês de julho, com cerca de 20 jovens atendidos…

Continuar lendo

Jundiaí

Jundiaiense grava videoclipe com o padre Antônio Maria

Publicado

em

Por

Foto: Arquivo Pessoal

Reconhecido por sua atuação na Igreja Católica e por parcerias musicais com nomes como Roberto Carlos, Ângela Maria e Agnaldo Rayol, o padre Antônio Maria acaba de lançar um videoclipe em que canta com o jundiaiense Guilherme Henrique, 25 anos. A música, intitulada "Desculpe", entrou no ar no dia 15 de fevereiro e está disponível no YouTube. O videoclipe foi…

Continuar lendo

Jundiaí

Prefeitura de Jundiaí apresenta plano de requalificação a moradores da Vila Esperança

Publicado

em

Por

Reunião de Gestores da Prefeitura de Jundiaí com moradores da Vila Esperança
Encontro reuniu gestores e Munícipes para apresentação de propostas (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

Neste sábado (02), gestores municipais se reuniram com moradores da Vila Esperança para apresentar o plano de requalificação desenvolvido para o bairro. O plano dispõe de ações a curto, médio e longo prazo, além de ações já executadas e em andamento. A apresentação das ações acontece após a primeira reunião realizada no final de novembro do ano passado, quando os…

Continuar lendo

Jundiaí

Micro, Pequenas e Médias Empresas alavancam desenvolvimento econômico de Jundiaí

Os dados mostram que, de 2017 – primeiro ano de Gestão – a 2023, houve um aumento de 174,2% nas PME’s

Publicado

em

Por

Foto: Prefeitura de Jundiaí

A criação de um ambiente favorável aos negócios é uma marca tradicional de Jundiaí, que ano após ano se consolida como uma das principais potências econômicas do país. Além das empresas de grande porte e das multinacionais, o potencial econômico municipal é alavancado pelas Micro, Pequenas e Médias Empresas, que tem sido cada vez mais frequentes no cenário local. Os…

Continuar lendo

Jundiaí

APAE de Jundiaí recebe doação de roupas de ballet e as alunas comemoram

Publicado

em

Por

A disposição para as aulas até aumentou (Foto: Divulgação/APAE Jundiaí)

As alunas de ballet da Professora Raquel Tumolo Leopoldino ficaram encantadas com os materiais de dança, novos, doados no mês de fevereiro: meia calça, sapatilhas, collants de marcas que são referência no mundo da dança como Capezio e Só Dança. A doação foi feita para Luciana França, da área de Captação de Recursos, que incentiva outras pessoas a doarem produtos…

Continuar lendo
Publicidade