Municípios têm até 15 de outubro para cadastrarem fundos da criança, do adolescente e do idoso
Conecte-se conosco

Economia

Municípios têm até 15 de outubro para cadastrarem fundos da criança, do adolescente e do idoso

Cadastramento é fundamental para que os fundos possam receber recursos diretamente via Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física em 2021.

Publicado

em

Pessoa segurando a mão de um idoso
Foto: Freepik

Termina no dia 31 de outubro o prazo para o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) enviar à Receita Federal os dados cadastrais dos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente (FDCA) e dos Fundos do Direito do Idoso (FDI). Para que esse prazo seja cumprido, os municípios e estados brasileiros devem fazer ou atualizar, se necessário, o cadastro de seus fundos junto ao Ministério até o dia 15 de outubro.

O cadastro regular é pré-requisito para que os fundos possam receber recursos do imposto de renda por meio da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física no ano que vem. A legislação permite que o contribuinte destine até 6% do imposto devido aos fundos diretamente na declaração.

Potencial

Muitos municípios não têm fundos instituídos ou cadastrados ou, quando já cadastrados, apresentam inconsistências cadastrais. Dos 645 municípios do estado de São Paulo, apenas 276 (43%) têm fundo da criança e do adolescente com cadastro em dia. No caso do fundo do idoso, o número de municípios com cadastro regular é de apenas 122 (19%).

Para se ter uma ideia, 95 fundos da criança do estado de São Paulo deixaram de receber repasses no valor R$ 1.890.124,00, referentes a 1.494 destinações feitas na Declaração deste ano, por inconsistências cadastrais. Para receberem esses valores, eles devem fazer o recadastramento.

Além disso, a Receita Federal alerta que o potencial de destinação ainda é pouco aproveitado. Em 2020, os contribuintes do estado de São Paulo destinaram por meio da Declaração R$ 35,2 milhões. O valor equivale a apenas 1,46% do total de quase R$ 2,4 bilhões que os contribuintes que moram no estado poderiam ter destinado.

Como cadastrar

1. O fundo deve ser instituído por lei específica. Além disso, o município precisa ter Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente ou dos Direitos do Idoso, conforme o fundo que deseja instituir, que será responsável pela destinação dos recursos.

2. O fundo precisa ter um CNPJ próprio, com o seguinte código e descrição da natureza jurídica: 133-3 – Fundo Público da Administração Direta Municipal.

3. O fundo terá que ter uma conta corrente bancária. A conta deve ser aberta em banco público e em nome do próprio fundo (específica com CNPJ do fundo).

4. O último passo é o cadastramento, que deve ser feito junto ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. O ministério encaminhará à Receita Federal o CNPJ, a conta bancária e os nomes do Fundo e da cidade, que serão inseridos no Programa da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2021.

Cadastro regular

A Receita Federal emitiu dois Atos Declaratórios Executivos (ADE) listando os fundos que estão com o cadastro regular para recebimento dos repasses das doações. Esses fundos só precisam fazer recadastramento no caso de alguma alteração dos dados.

Para consultar as listas, acesse os links:

Criança e Adolescente

Idoso

Para mais informações sobre o cadastramento dos fundos, consulte os links abaixo do MMFDH:

Criança e Adolescente

Idoso

Para saber mais sobre os repasses das doações feitas por meio do programa da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (Dirpf), visite a página da Receita Federal.

Economia

Brasil volta ao grupo das 10 maiores economias do mundo

Desde 2020, esta é a primeira vez que o país retorna ao grupo; entre 2010 e 2014, a economia brasileira chegou a ocupar a 7ª posição no cenário global

Publicado

em

Por

Foto: Canva

O Brasil retornou ao grupo das 10 maiores economias globais, de acordo com a análise da agência de classificação de risco Austin Rating, divulgada após a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) em 2023. A economia brasileira registrou um crescimento de 2,9% no ano passado, impulsionada principalmente pelo desempenho recorde do setor agropecuário, conforme divulgado hoje pelo Instituto Brasileiro de…

Continuar lendo

Economia

Alckmin defende redução de impostos para estimular indústria

As reduções incidirão sobre o Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido (CSLL)

Publicado

em

Por

Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

O vice-presidente Geraldo Alckmin expressou nesta quarta-feira (28) seu apoio ao programa governamental que propõe a redução de impostos com o intuito de incentivar a aquisição de máquinas pela indústria nacional. Segundo Alckmin, essa iniciativa pode "aperfeiçoar a produtividade" e impulsionar o crescimento econômico do país. Alckmin, que também atua como ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, fez essas…

Continuar lendo

Empregos

Jumpark Jundiaí tem vagas de emprego em diversas áreas

Confira as oportunidades e veja como se candidatar

Publicado

em

Por

Pessoas pulando em tatame de borracha
Foto: Divulgação

Jumpark, famoso parque de trampolins de Jundiaí, está com vagas de emprego abertas para diferentes posições. Se você está em busca de uma oportunidade empolgante e dinâmica, confira as vagas disponíveis: Monitor Caixa Manutenção Garçom Limpeza Envie seu currículo para o e-mail [email protected] com o título da vaga desejada no assunto.

Continuar lendo

Concursos

Jundiaí prorroga inscrição para concurso público para área de saúde

O concurso visa contratação de Agente Comunitário de Saúde, Auxiliar de Saúde Bucal e Médico Psiquiatra Adulto.

Publicado

em

Por

Saiba mais sobre o concurso público (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

A Prefeitura de Jundiaí prorrogou a data de inscrição do concurso público para a contratação de Agente Comunitário de Saúde, Auxiliar de Saúde Bucal e Médico Psiquiatra Adulto. Além disso, a gestão retificou a área geográfica da Ponte São João, com a inclusão de mais bairros/ruas. As inscrições vão até o dia 7 de março de 2024 e realizadas exclusivamente…

Continuar lendo

Empregos

Fundo Social de Jundiaí abre vagas de estágio para estudantes de Administração

As vagas de estágio são destinadas para estudantes de nível superior e têm carga horária semanal de 30 horas, bolsa-auxílio e auxílio transporte. Confira.

Publicado

em

Por

Veja como participar do processo seletivo (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

O Fundo Social de Solidariedade de Jundiaí abriu vagas de estágio para nível superior na área de Administração em aberto. O processo seletivo prioriza alunos cursando a partir do 3° semestre e, no máximo, penúltimo semestre do ensino superior. O estágio conta com carga horária semanal de 30 horas, bolsa-auxílio e auxílio transporte. O estagiário será responsável pelo atendimento ao…

Continuar lendo
Publicidade