Ondas de calor exigem atenção redobrada com saúde dos pets
Conecte-se conosco

Mundo Pet

Ondas de calor exigem atenção redobrada com saúde dos pets

Dr. Matheus Moreira, do Centro Veterinário Dr. PetZoo, orienta tutores sobre como cuidar dos animais de estimação em dias quentes.

Publicado

em

Atualizado há

Foto: Canva Pro

Assim como nós, os pets também sofrem com os dias quentes e abafados. O calor pode ser desafiador para cães, gatos e outros pets, mas com alguns cuidados simples, você pode garantir a qualidade de vida do seu animalzinho.

De acordo com o Dr. Matheus Moreira, do Centro Veterinário Dr. PetZoo de Jundiaí, os animais domésticos têm uma temperatura corporal que pode variar entre 37,4ºC e 39ºC. Os tutores devem prestar atenção extra para garantir o bem-estar do seu pet.

Os primeiros sinais de excesso de calor do animal de estimação podem incluir mal-estar perceptível, agitação e ofegação intensa. “Mas com cuidados simples, os tutores podem garantir que seus animais de estimação passem pelos dias de calor intenso de forma saudável e feliz”, explica Dr. Matheus. Confira as dicas do veterinário:

1. Dê acesso à água o tempo todo:

“Os tutores deve se certificar de que seu animal de estimação tenha acesso constante a água fresca e limpa. Principalmente durante os dias quentes, a hidratação é fundamental para manter a saúde do pet. Por isso, verifique regularmente se a tigela de água está cheia e troque sempre que necessário. Além disso, uma pedrinha de gelo na água pode fazer toda a diferença para deixá-la fresca”, explicou Dr. Matheus.

2. Ofereça locais frescos e sombreados

Além da água, é importante que seu animal de estimação tenha acesso a áreas sombreadas e frescas para descansar durante o calor do dia. Mantenha o pet, se possível, dentro de casa, em um ambiente confortável, com ar-condicionado ou ventiladores.

Nunca deixe seu cão dentro de um carro estacionado, ainda que por um curto período de tempo. “Carros podem aquecer rapidamente, atingindo temperaturas muito altas. Isso representa um risco muito sério e perigoso para a saúde do seu animal de estimação, podendo ser até fatal”, explica o veterinário.

3. Evite atividades ao ar livre em excesso

Em dias de calor excessivo, não é recomendado levar os animais para atividades físicas intensas ao ar livre, principalmente durante horas de pico de calor. “Prefira caminhadas mais curtas e em horários mais frescos – como no início da manhã ou no final da tarde. E dê atenção especial com as patinhas do seu animalzinho. O chão de pavimento quente pode causar ardor, ressecamento e até bolhas”, destaca.

4. Fique de olho nos principais sinais de superaquecimento

Os seus animais de estimação podem demonstrar sinais de superaquecimento, como respiração ofegante excessiva, salivação excessiva, letargia, e gengivas e língua avermelhadas. Por isso, se você suspeitar que seu pet está superaquecido, leve-o imediatamente a um local fresco e contate o veterinário.

Além do seu bichinho de estimação, o calor é um perigo principalmente para animais de rua, que não têm uma casa ou tutores para cuidar deles. Por isso, você pode ajudar esses animaizinhos, deixando potes com água fresca na frente da sua casa. Além disso, se sua calçada tem sombra, prepare um espaço confortável para que eles possam descansar as patinhas.

Mundo Pet

Gato de 1 dia de vida e ainda com cordão umbilical chora abandonado em caixa de papelão

O socorrista ficou com o coração partido com a visão – um gatinho preto, com o cordão umbilical ainda preso, deixado apenas com um cobertor.

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução/Facebook/Pennsylvania SPCA

Com apenas um dia de vida, um filhote de gato gritava do lugar onde o abandonaram friamente, em uma caixa de papelão na calçada. O gatinho era pequeno demais para se defender sozinho e, por isso, continuou a gritar, esperando que alguém o notasse. Felizmente, deixaram a caixa com o filhotinho bem em frente à ONG de Resgate Animal Pennsylvania…

Continuar lendo

Mundo Pet

Anjo da Guarda: cãozinho surge do nada para secar lágrimas de jovem que chorava na rua

Depois que o cachorro apareceu, literalmente secando suas lágrimas, a jovem não pôde deixar de sorrir.

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução/TikTok - Delfina Quiroga

Em uma noite qualquer, uma tristeza repentina brotou no coração de Delfina Quiroga, algo forte o suficiente para levá-la às lágrimas. Ela decidiu tirar alguns minutos sozinha, saindo na noite escura para resolver seus sentimentos. Mas enquanto estava nas profundezas dessa emoção, um tipo de "anjo da guarda" aleatório apareceu para mudar seu humor. "Quando você está triste e um…

Continuar lendo

Mundo Pet

Jogadores chegam ao estádio com filhotes de cachorro fofos para promover adoção

“Trouxemos aqueles que sabíamos que tinham muita energia para combinar com a empolgação do dia.”

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução/Instagram - Peninsula Humane Society & SPCA

Em um jogo recente, o time de basquete Warriors se uniu à ONG animal Peninsula Humane Society & SPCA para promover a adoção de cachorros. Os jogadores entraram na arena carregando cachorrinhos que estavam disponíveis para adoção. Além disso, o time organizou um espaço onde os torcedores poderiam conhecer os cachorros (e um gatinho) depois do jogo. Foi uma tarefa…

Continuar lendo

Mundo Pet

Mulher consegue resgatar filhote de cachorro após perseguição noturna inacreditável

Em determinado momento, a socorrista perdeu suas sandálias durante a perseguição, mas continuou correndo atrás do cão descalço, determinada a salvá-lo.

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução/Facebook/Adams County Pet Rescue

Outro dia, pouco antes da meia-noite, uma funcionária do abrigo animal Adams County (ACPR) deixava seus cachorros saírem antes de dormir quando um som alarmante soou na entrada de sua garagem. "Ela ouviu gritos vindos do quintal e sabia que não eram humanos. Então saiu para ver o que estava acontecendo", escreveu a ONG no Facebook. Kaitlyn, a socorrista, seguiu…

Continuar lendo

Mundo Pet

Cachorro é devolvido ao abrigo 30 minutos após adoção por ser ‘grande demais’

“S’mores definitivamente não cresceu em tamanho (ou peso) nesses 30 minutos, desde o momento em que saiu do abrigo até o momento em que o trouxeram de volta.”

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução/Mutt Luv Rescue/The Dodo

Esse cachorro, chamado S'mores, vivia em um abrigo quando seu sonho finalmente se tornou realidade: alguém o adotou. O cão saiu do abrigo com sua nova família, confirante e alegre, mas depois de trinta minutos, S'mores voltou, amuado. De acordo com o abrigo, os adotantes devolveram o cachorro apenas 30 minutos depois, com a desculpa de que o pet era…

Continuar lendo
Publicidade