Covid: média móvel de mortes no Brasil fica abaixo de 600 pela primeira vez em 9 meses
Connect with us

Coronavírus

Covid: média móvel de mortes no Brasil fica abaixo de 600 pela primeira vez em 9 meses

Os índices pandêmicos vêm demonstrando queda intensa, com 15 dias seguidos de recuo nos dados.

Published

on

Atualizado há

Enfermeira em leito de paciente
Desde o início da pandemia, o país contabiliza 584.208 mortes e 20.911.579 casos de coronavírus (Foto: Divulgação/Hospital São Vicente de Paulo)

Nesta terça-feira (7), de acordo com dados das secretarias de saúde dos estados, o Brasil registrou 342 mortes por Covid-19 em 24 horas. Com isso, o país contabiliza 584.208 óbitos pela doença desde o início da pandemia.

Assim, a média móvel de mortes dos últimos 7 dias registra 526 óbitos, o menos número desde o dia 1° de dezembro de 2020. Comparado aos últimos 14 dias, a média atual teve uma variação de -27%. Além disso, a tendência é de uma queda intensa dos índices – a mais intensa desde o dia 11 de novembro do ano passado. No comparativo, o Brasil já apresenta recuo dos índices há 15 dias.

A última semana no Brasil registrou a seguinte média móvel de óbitos pela Covid-19:

  • Quarta (1º): 643
  • Quinta (2): 628
  • Sexta (3): 622
  • Sábado (4): 609
  • Domingo (5): 606
  • Segunda (6): 603
  • Terça (7): 526

A média não fica abaixo de 600 há cerca de nove meses e nenhum estado brasileiro apresenta tendência de alta no número de mortes. Todas as informações fazem parte do levantamento do consórcio de veículos de imprensa. Esse grupo de profissionais reúne os números da situação pandêmica de todas as federações do país.

Diagnósticos positivos

Além da queda no índice de mortes, a média móvel de casos de Covid-19 nos últimos 7 dias também apresentou uma queda de 28% comparado às duas últimas semanas, com 19.102 diagnósticos por dia. É o menor número desde o dia 9 de novembro, quando o país registrou 17.484 casos.

teste covid
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

Vacinômetro

Até o momento, cerca de 68 milhões de brasileiros já receberam a segunda dose ou dose única da vacina contra a doença. Ou seja, essa parte da população já completou o esquema vacinal e está totalmente imunizada.

De acordo com o consórcio de veículos de imprensa, esse número representa 31,84% da população do Brasil.

Assim, quase 136 mil pessoas – ou 63,48% da população – está parcialmente vacinada, com a primeira dose das vacinas contra a Covid-19. Além disso, a dose de reforço solicitada para algumas das pessoas já vacinadas foi aplicada em 1.034 pessoas.

Dessa forma, o Brasil já soma 203.349.016 doses aplicadas desde o início da campanha de imunização.

Coronavírus

OMS declara fim da pandemia da Covid-19

Os especialistas da Organização Mundial da Saúde chegaram à conclusão de que o vírus não representa mais uma ameaça sanitária internacional.

Published

on

Em pouco mais de três anos de pandemia, cerca de 20 milhões de pessoas morreram em decorrência do coronavírus (Foto: Reprodução)

Nesta sexta-feira (5), a OMS (Organização Mundial da Saúde) anunciou o fim da pandemia da Covid-19. De acordo com seus especialistas, o vírus não representa mais uma ameaça sanitária internacional. Portanto, a emergência da pandemia está oficialmente declarada como encerrada. Ainda assim, segundo o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, o anúncio não significa que o vírus desapareceu. Atualmente, ainda há…

Continue Reading

Coronavírus

Governo libera vacina bivalente contra a Covid-19 para todos acima de 18 anos

Vacinação com a bivalente é ampliada após atingir apenas 16% do público-alvo nas primeiras etapas da campanha.

Published

on

Homem sendo vacinado em Jundiaí
Decisão ocorre diante um cenário de vacinas paradas nos estoques por conta da baixa procura pela imunização de reforço (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

Na noite desta segunda-feira (24), o Ministério da Saúde anunciou a liberação da vacina bivalente de reforço contra Covid-19 para qualquer pessoa acima de 18 anos de idade. Podem receber a bivalente quem já recebeu, pelo menos, duas doses de vacinas monovalentes, como Coronavac, Astrazeneca ou Pfizer. A aplicação da bivalente deve acontecer em um intervalo de pelo menos quatro…

Continue Reading

Coronavírus

Governo de SP derruba obrigatoriedade do uso de máscara no transporte em todo o Estado

A medida vale para trens, ônibus intermunicipais e metrôs de todo o Estado de São Paulo.

Published

on

Jovem com máscara no ônibus. (Foto: Divulgação)
A decisão considerou a desobrigatoriedade após melhora nos indicadores da pandemia da Covid-19 (Foto: Divulgação)

Nesta semana, o Governo de São Paulo retirou a obrigatoriedade do uso de máscaras no transporte público em todo o Estado. Assim, a partir de agora, não é mais obrigatório utilizar o item de segurança em ônibus intermunicipais, trens e metrô. Ainda assim, para ônibus municipais, a decisão partirá de cada prefeitura. A medida acontece um dia depois da Anvisa…

Continue Reading

Coronavírus

Covid: Jundiaí abre agendamento para vacina bivalente para idosos e imunossuprimidos

O imunizante é uma versão atualizada dos já existentes contra a Covid-19 e pode oferecer uma proteção ainda maior contra a cepa original e subvariantes.

Published

on

O agendamento abre nesta terça-feira (28), para idosos +70 e imunossuprimidos +12 (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

A Saúde de Jundiaí abrirá novo agendamento para doses de vacina Pfizer bivalente contra a Covid-19, nesta terça-feira (28), às 15h. Idosos com 70 anos ou mais e imunossuprimidos com 12 anos ou mais podem agendar pelo site ou APP Jundiaí. Para tomar a dose bivalente, a pessoa deve ter recebido, no mínimo, duas doses da vacina monovalente (Janssen, Pfizer, CoronaVac ou Astrazeneca).…

Continue Reading

Coronavírus

Covid: Saúde amplia vacinação com Pfizer Baby para crianças de 3 a 4 anos

A versão pediátrica do imunizante começa a ser aplicada nessa faixa etária a partir de segunda-feira (13)

Published

on

Confira o calendário de aplicação da vacina contra Covid-19 em Jundiaí (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

A partir desta segunda-feira (13), Jundiaí passa a aplicar a vacina Pfizer Baby também em crianças de 3 a 4 anos. A princípio, essa versão do imunizante estava disponível apenas para o público de seis meses a 2 anos. Durante a semana, a aplicação ocorre de acordo com calendário de imunização da cidade, disponível no site da Prefeitura de Jundiaí. Em…

Continue Reading