Jundiaí adere ao Pacto Nacional pela Consciência Vacinal
Conecte-se conosco

Saúde Pública

Jundiaí adere ao Pacto Nacional pela Consciência Vacinal

A iniciativa do Conselho Nacional do Ministério Público foca na retomada de índices seguros de cobertura vacinal no país.

Publicado

em

Atualizado há

Municípios da Região de Jundiaí se unem ao Conselho Nacional do Ministério Público para alavancar vacinação (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

Nesta quarta-feira (22), a Prefeitura de Jundiaí aderiu ao Pacto Nacional pela Consciência Vacinal. A iniciativa do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) atua na retomada de índices seguros e homogêneos de cobertura vacinal no país. O prefeito Luiz Fernando Machado assinou o termo de adesão em solenidade no auditório da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ).

Participaram da solenidade o presidente da Comissão de Saúde e Conselheiro Nacional do Ministério Público, promotor de Justiça Jayme Martins de Oliveira; representantes dos sete Municípios da Região Metropolitana de Jundiaí (RMJ) e de Itatiba; e do vereador Edicarlos Vieira, membro da Comissão de Saúde, Assistência Social e Previdência da Câmara Municipal.

“Jundiaí é a Cidade das Crianças e está empenhada para estimular a população a continuar erradicando doenças que podem deixar marcas, comprometendo o desenvolvimento de uma vida, e até matar. Não é normal, assistirmos a volta do sarampo, por exemplo. O Município e toda a região se unem a esse projeto de conscientização para reverter esse cenário preocupante. É fundamental zelarmos juntos pelas nossas crianças e adolescentes”, ressaltou o prefeito Luiz Fernando Machado.

Foto: Prefeitura de Jundiaí

Baixa cobertura vacinal

De acordo com dados do Ministério da Saúde, desde 2015, o país registra quedas na cobertura vacinal de imunizantes usados há décadas, como a rubéola, a coqueluche e a difteria. Neste ano, por exemplo, a vacinação infantil em geral não chega 50% na maioria dos casos, bem abaixo da meta preconizada, de 95% do público-alvo. Uma das preocupações é com a paralisia infantil (poliomielite). A doença está erradicada, mas com risco de ser reintroduzida no Brasil, como ocorreu em países como os Estados Unidos e Israel.

Em Jundiaí, em 2022, das vacinas para menores de um ano de idade, com exceção da BCG, aplicada nas maternidades, nenhuma atingiu o patamar preconizado. No caso das imunizações destinadas à maiores de um ano, nenhuma chegou ao índice ideal. Apenas na população de 4 anos, as coberturas foram alcançadas, com exceção da vacina varicela que ficou com 83,35%. Neste ano, apenas a BCG está com a cobertura ideal.

Pacto nacional

“O esforço precisa ser coletivo e o nosso objetivo não é forçar, mas conscientizar. Esse é um projeto de fraternidade, sendo essencial que essa mobilização seja permanente para que possamos avançar e não tenhamos mais retrocesso. Resistência sempre existiu. Oswaldo Cruz enfrentou. Juntos, vamos trabalhar e reverter esse quadro. Já temos a adesão de 13 estados, três municípios, times de futebol e entidades da sociedade civil. Em Jundiaí, pela primeira vez, realizamos a adesão conjunta de uma região metropolitana, o que é de extrema importância”, comentou o promotor Oliveira.

A partir do Pacto Nacional pela Consciência Vacinal, lançado em novembro de 2022, as autoridades da RMJ e a FMJ, que também aderiu, se comprometem a trabalhar de forma coordenada para aumentar as coberturas vacinais. O acordo prevê, entre as ações, a realização de campanhas de comunicação social, para fomentar com que a população busque as vacinas do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde.

Também participaram da solenidade os gestores de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi, da Casa Civil, Gustavo Maryssael, e de Promoção da Saúde, Tiago Texera; os prefeitos de Louveira, Estanislau Steck, e de Várzea Paulista, Rodolfo Braga; o diretor da FMJ, Evaldo Marchi; secretários de saúde e vereadores da RMJ e de Itatiba, além de membros do Rotary jundiaiense, da 33ª Subseção da OAB e de instituições de ensino.

Saúde Pública

Jundiaí fecha o cerco contra criadouros do mosquito da dengue

Publicado

em

Por

Agentes de saúde fazendo vistoria em casas na cidade de Jundiaí
Ação de vistoria nas casas e estabelecimentos segue nos próximos dias (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

Agentes comunitários de saúde, sob coordenação da Vigilância em Saúde Ambiental (VISAM), órgão da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), estiveram nas ruas, durante todo o dia deste sábado (02), para conscientização dos moradores e eliminação dos criadouros do Aedes aegypti, que além da dengue, também transmite a zika e a chikungunya. Foram percorridos 14 quarteirões na Vila…

Continuar lendo

Saúde Pública

Não será feita vacinação em massa contra dengue este ano, diz ministra da Saúde

Ainda segundo Nísia Trindade, o governo discute alternativas para ampliar a oferta da vacina contra a doença.

Publicado

em

Por

Ministra da Saúde, Nísia Trindade
Foto: Julia Prado/Ministério da Saúde

Nesta sexta-feira (1º), a ministra da Saúde, Nísia Trindade, disse que "não será possível fazer vacinação em massa" contra a dengue ainda neste ano. De acordo com a ministra, a vacina Qdenga, que está sendo aplicada no momento, é uma "esperança". No entanto, é necessário reaplicar o imunizante em 3 meses. "Para esse momento, independentemente do número de doses, as…

Continuar lendo

Saúde Pública

Jundiaí registrou 4 mortes por Covid-19 em 2024

As quatro pessoas eram idosos que não tinham se vacinado ou que não estavam com o quadro vacinal completo.

Publicado

em

Por

teste-ou-exame-covid-19
A cidade registrou 324 casos e quatro mortes por Covid em 2024 (Foto: Drazen Zigic/Freepik)

Nos primeiros meses de 2024, Jundiaí confirmou quatro mortes em decorrência do coronavírus. Esta segunda-feira (26), marcou quatro anos do primeiro caso de Covid-19 confirmado no Brasil, em 26 de fevereiro de 2020. Só neste ano, Jundiaí registrou 324 casos e quatro mortes por Covid-19 em 2024. De acordo com dados da prefeitura, os óbitos são de idosos, acima de 60…

Continuar lendo

Saúde Pública

Região Metropolitana de Jundiaí realiza Dia D de Combate à Dengue nesta sexta (23)

Somadas, Jundiaí, Itupeva, Cabreúva, Louveira, Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista e Jarinu ultrapassam os 840 casos confirmados da doença.

Publicado

em

Por

Foto: Prefeitura de Jundiaí

Nesta sexta-feira (23), os sete municípios da Região Metropolitana de Jundiaí realizam o Dia D de Combate à Dengue. A mobilização foi uma das estratégias pactuadas pelos prefeitos e gestores de saúde da RMJ, com o Grupo de Vigilância Epidemiológica de Campinas (GVE XVII). “O cenário é de alerta e não podemos perder vidas em razão da dengue e, também,…

Continuar lendo

Saúde Pública

Jundiaí lança Plano Municipal de enfrentamento da dengue

Publicado

em

Por

Equipe de combate a dengue visitando casas em Jundiaí
A conscientização da população é uma das medidas previstas no documento (Prefeitura de Jundiaí)

Jundiaí lançou nesta semana o Plano Municipal de Vigilância das Arboviroses 2024-2025. O documento, que está disponível no site, apresenta uma série de medidas e protocolos adotados para o enfrentamento e a prevenção da dengue e, também, das arboviroses zika e chikungunya, doenças que podem se agravar e levar à morte. “Desde o primeiro alerta de possível epidemia, o Município ampliou…

Continuar lendo
Publicidade