Casamentos homoafetivos crescem 20% no Brasil e batem recorde, aponta IBGE
Connect with us

Brasil

Casamentos homoafetivos crescem 20% no Brasil e batem recorde, aponta IBGE

O país registrou 11 mil registros de casamentos homoafetivos em 2022, maior valor desde 2013. Saiba mais.

Published

on

Atualizado há

Casamentos homoafetivos crescem 20% no Brasil
O levantamento não considera uniões estáveis, apenas os casamentos civis registrados em cartório (Foto: Nicolas Menijes/Canva Pro)

O número de casamentos entre pessoas do mesmo sexo cresceu 20% em 2022 na comparação com 2021. Esse crescimento é cinco vezes maior que o registrado entre as de sexo oposto (alta de 4%).

Os dados são do Registro Civil, divulgados pelo IBGE nesta quarta-feira (27). O levantamento considera apenas os casamentos civis registrados em cartório, e não as uniões estáveis.

De acordo com o órgão, o Brasil registrou 11 mil casamentos homoafetivos em 2022, maior valor desde 2013. Em 2013, uma resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) garantiu o direito à população LGBTQIA+ ao casamento civil. Essas uniões representaram 1,1% do total de casamentos registrados em 2022 no país.

Além disso, os dados do IBGE mostra que houve crescimento em todas as regiões do país. A maior alta é no Norte (32,8%), seguido de Sudeste (23,9%) e Sul (19,5%). Os casais entre mulheres representam 60% do total dos casamentos homoafetivos.

O número total de casamentos no Brasil subiu 4%, de 932.502 para 970.041. O número ainda estava abaixo da média anual registrada antes da pandemia, de 1 milhão entre 2015 e 2019, que caía até 2020.

Números de divórcio

Enquanto isso, o número total de divórcios no país em 2022 — 420 mil — cresceu 8,6% em relação ao total contabilizado em 2021 (387 mil). De acordo com os dados, em média, os homens se divorciaram em idades mais avançadas do que as mulheres. Em 2022, na data do divórcio, os homens tinham em média, 44 anos, enquanto as mulheres, 41.

Os casamentos também estão mais curtos. O tempo médio entre a data do casamento e a data do divórcio passou de cerca de 16 anos, em 2010, para 13,8 anos em 2022.

Em casos de divórcios entre casais que têm filhos menores de idade, há uma mudança gradativa em relação à divisão de guarda. No ano de 2014, em 85% dos divórcios, a guarda dos filhos ficava com a mulher. Em 2022, este índice caiu para 50,3%. No mesmo período, a guarda compartilhada passou de 7,5% para 37,8% dos casos.

Além disso, os casos em que os homens ficam responsáveis após o divórcio diminuiu. Em 2014, eram 5,5% dos casos, em 2014, 3,3%.

Brasil

Netflix deixa de funcionar em 60 modelos de TVs antigas no próximo mês

Segundo a empresa, a decisão visa oferecer uma melhor experiência aos usuários em dispositivos mais modernos

Published

on

Pessoa acessando Netflix na TV
Serão apenas em TVs antigas, incluindo modelos da Sony de 2014 e Apple TVs. Foto: Canva

A partir de 24 de julho, a Netflix deixará de funcionar em mais de 60 modelos de smart TVs antigas, incluindo modelos da Sony de 2014 e Apple TVs de segunda e terceira geração. Segundo a empresa, a decisão visa oferecer uma melhor experiência aos usuários em dispositivos mais modernos, com maior capacidade de processamento e recursos avançados. Em 2019,…

Continue Reading

Brasil

Marcha da Maconha em São Paulo protesta contra prisões e violência policial

Movimento critica a PEC 45, que criminaliza a posse e o porte de qualquer quantidade de droga

Published

on

Manifestantes na Marcha da Maconha, segurando cartaz pedindo a legalização desta droga
Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil

No último domingo (16), manifestantes foram às ruas de São Paulo para a Marcha da Maconha, protestando contra a PEC 45, que criminaliza a posse e o porte de qualquer quantidade de droga. Além disso, também apareceram alguns cartazes contra o PL 1904/24, que equipara o aborto a homicídio após 22 semanas de gestação. Marcha da Maconha protesta contra violência…

Continue Reading

Brasil

Mulher passa em 1º lugar no curso da PM entre mais de mil soldados

Formatura aconteceu nesta sexta-feira (14) e contou com autoridades como o governador e o secretário da segurança

Published

on

Policial feminina sendo cumprimentada por oficial durante cerimônia, destacando que Mulher passa em 1º lugar no curso da PM.
Soldado Letícia de Brito é congratulada por autoridades após ser a primeira colocada entre mais de mil formandos no curso da PM. Foto: Francisco Cepeda/Governo do Estado de SP

Em uma profissão historicamente dominada por homens, a soldado PM Letícia de Brito conquistou uma vitória significativa: passar em 1º lugar no curso da PM, superando mais de 1,1 mil soldados formados nesta sexta-feira (14). A cerimônia de formatura, que aconteceu na Escola Superior de Soldados, em Pirituba, zona norte de São Paulo, contou com a presença de autoridades como…

Continue Reading

Brasil

Mitos sobre comunicação em apps de relacionamentos e bate-papos por vídeo: o que é verdade e o que é falso?

Published

on

Foto: Freepik

Não se pode negar que hoje o namoro online se tornou uma parte importante da vida de milhões de pessoas ao redor do mundo. Eles ajudam a expandir o círculo social, procurar pessoas interessantes e pessoas com ideias semelhantes, fazer amizades e até encontrar o verdadeiro amor. Tudo isso é incrível! Mas, ao mesmo tempo, existem muitos mitos sobre o…

Continue Reading

Brasil

Nova lei em SP regulamenta venda de cães e gatos e proíbe exposição em vitrines

O projeto ainda define maio como o “Mês da Saúde Animal” no calendário do estado de São Paulo. Saiba mais.

Published

on

Três filhotes de cachorro brancos atrás de grades
A proposta é de autoria do governador Tarcísio de Freitas (Foto: Canva)

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aprovou, na última quarta-feira (12), um projeto de lei que regulamenta a venda de cães e gatos em todo o estado. Assim, a proposta, de autoria do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), segue para sanção do próprio. Medidas para garantir o bem-estar animal A proposta estabelece diversas medidas para garantir o…

Continue Reading