Lula atrasa pagamentos de programa de transporte escolar para todo país
Conecte-se conosco

Política

Lula atrasa pagamentos de programa de transporte escolar para todo país

Repasses do Ministério da Educação estão atrasados desde fevereiro. Ministro prometeu pagamento ainda em abril e anunciou novo cronograma. Saiba mais.

Publicado

em

Atualizado há

O programa tem orçamento de R$ 872 milhões neste ano (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O Ministério da Educação do governo Lula (PT), comandado pelo ministro Camilo Santana, atrasou os pagamentos para programa de transporte escolar desde fevereiro para todo Brasil. A primeira de dez parcelas deveria ser paga no início do ano letivo, mas até este momento, as redes não receberam o valor.

Para este ano, o programa tem orçamento federal de R$ 872 milhões. Assim, as prefeituras e estados já deveriam ter recebido pelo menos cerca de R$ 174 milhões, valor referente às parcelas de fevereiro e março.

O Programa Nacional de Transporte Escolar apoia as redes de ensino da educação básica no acesso e permanência de alunos, principalmente em áreas rurais. O dinheiro do programa custeia despesas com manutenção – como combustível e compra de pneus – seguros ou taxas dos veículos.

Das cidades afetadas com o atraso do pagamento, 40% ficam nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, mas o programa atinge todo o país.

De acordo com o governo federal, no ano passado, 5.302 municípios e 13 estados brasileiros receberam os recursos ao longo do ano. Para o exercício de 2024, são 18 estados e 5.325 municípios atendidos pelo programa de transporte escolar.

Os recursos são operados pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), que é ligado ao MEC (Ministério da Educação). O órgão é presidido por Fernanda Pacobahyba, indicada de Camilo e de quem foi secretária da Fazenda do estado do Ceará quando o ministro era governador.

Sob o governo do presidente Lula, o Ministério da Educação e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação tiveram aumentos de orçamento. No entanto, os órgãos enfrentam problemas com a execução orçamentária de diversas ações.

Cronograma de repasses

De acordo com reportagem do jornal Folha de S.Paulo, o Ministério da Educação têm atrasado o repasse do programa aconteceu devido ao planejamento do órgão de alterar o cronograma de repasses. Apesar do plano, o Ministério atrasou a definição de uma nova resolução sobre o tema.

Assim, ao invés de dez parcelas, o programa será executado em duas. De toda forma, a primeira dessas duas parcelas deveria ter saído em março, o que não aconteceu.

Segundo integrantes do alto escalão do Ministério da Educação, a resolução atrasou por causa do investimento de tempo do ministro em relançar o Pé-de-Meia – programa de bolsas para estudantes do ensino médio, anunciado no início do ano, em vários estados do Brasil.

O ministro Camilo Santana, publicou um vídeo em suas redes sociais, ao lado de Fernanda Pacobahyba, que preside o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Na legenda do vídeo, o ministro diz que o “dinheiro para transporte escolar chegando mais rápido”.

No vídeo, o ministro diz que só assinou a resolução que muda a forma de pagamento do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar nesta terça-feira (9). “Nós vamos estar assinando uma resolução hoje mudando a forma de pagamento de transferência do programa nacional de transporte escolar”, diz o ministro.

“A gente sabe da importância desse programa na própria estruturação da educação básica”, disse Pacobahyba.

Em nota, o FNDE reforçou que a nova resolução mudará o formato de transferências. Não há data definida para o pagamento da primeira parcela, mas o órgão diz que isso deve ocorrer até o dia 30 de abril. No vídeo publicado nas redes sociais do ministro, o governo afirma que neste mês fará o repasse da primeira parcela em um valor total de R$ 436 milhões. O restante sairá em agosto.

Política

Conheça os pré-candidatos à Prefeitura de Jundiaí nas eleições 2024

Com mais de 310 mil eleitores, Jundiaí se prepara para as eleições municipais de 2024

Publicado

em

Eleitores de Jundiaí se preparam para escolher entre seis pré-candidatos à prefeitura nas eleições municipais de 2024 (Foto: Divulgação)

O cenário político em Jundiaí, cidade com mais de 310 mil eleitores, apresenta seis pré-candidatos à prefeitura para as eleições de 2024. O primeiro turno das eleições municipais está marcado para o dia 6 de outubro, e as negociações por alianças e o lançamento de pré-candidaturas já estão em andamento. Segundo a Justiça Eleitoral, os partidos têm de 20 de…

Continuar lendo

Política

Maio Furta-Cor: encontro em Jundiaí reúne poder público e sociedade pela saúde mental materna

O vereador Faouaz Taha tem trabalhado a temática com um projeto de lei que será votado na próxima terça

Publicado

em

Por

Vereador Faouaz Taha tem trabalhado a temática com um projeto de lei a ser votado. Foto: Arquivo Pessoal

Em encontro realizado na Câmara de Jundiaí, nesta quinta-feira (9), representantes do poder público e profissionais da sociedade civil discutiram os cuidados necessários com a saúde mental materna. O tema é pilar da campanha Maio Furta-Cor, que já existe nacionalmente, e tem sido trabalhada pelo vereador Faouaz Taha. Um projeto de lei de sua autoria, que cria a campanha na…

Continuar lendo

Política

Autoridades apoiam proposta de liberdade religiosa em Jundiaí

Proposta de Emenda à Lei Orgânica garante livre manifestação religiosa em Jundiaí e recebe amplo apoio. Saiba mais.

Publicado

em

Por

Foto: Arquivo Pessoal

Na noite desta quarta-feira (8), Jundiaí deu um passo importante na defesa da liberdade religiosa, durante audiência pública realizada na Câmara Municipal. A proposta de emenda à Lei Orgânica que assegura o direito à livre manifestação religiosa no município recebeu amplo apoio de autoridades religiosas e da população em geral. O autor da iniciativa, vereador Cristiano Lopes, celebrou a grande…

Continuar lendo

Política

Pesquisa Quaest: 50% dos brasileiros aprovam trabalho de Lula; 47% desaprovam

Publicado

em

Por

Presidente Lula falando ao microfone a frente da bandeira do Brasil
Aprovação do trabalho de Lula caiu um ponto percentual em relação ao último levantamento em fevereiro (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

O trabalho realizado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é aprovado por 50% dos brasileiros, conforme indica a pesquisa realizada pela Genial/Quaest e divulgada nesta quarta-feira (8). Por outro lado, 47% dos entrevistados desaprovam sua gestão, enquanto 3% dos participantes não sabem ou optaram por não responder. A aprovação do trabalho de Lula oscilou um ponto percentual para…

Continuar lendo

Política

Audiência pública vai tratar da livre manifestação religiosa em Jundiaí

Publicado

em

Por

Vereador Cristino Lopes de Jundiaí
Vereador Cristiano Lopes propõe emenda para proteger direitos religiosos frente a restrições administrativas. (Foto: Arquivo pessoal)

Lideranças religiosas do município participam, no próximo dia 8 (quarta-feira), às 19h, de audiência pública na Câmara Municipal de Jundiaí, para discutir a Proposta de Emenda à Lei Orgânica que assegura a livre manifestação religiosa. De autoria do vereador Cristiano Lopes, a iniciativa tem objetivo de garantir este direito e evitar que “pretextos de ordem administrativa” violem o que já…

Continuar lendo
Publicidade