Crianças brasileiras estão mais altas, mas também mais obesas, aponta estudo
Conecte-se conosco

Saúde

Crianças brasileiras estão mais altas, mas também mais obesas, aponta estudo

Pesquisa da Fiocruz, em parceria com UFMG e University College London, analisou mais de 5 milhões de crianças de 3 a 10 anos

Publicado

em

Atualizado há

Houve um aumento médio de 600 gramas no peso das crianças. Foto: Freepik

Uma pesquisa recente, publicada na revista The Lancet Regional Health – Americas, analisou dados de mais de 5 milhões de crianças brasileiras com idades entre 3 e 10 anos. Os resultados apontam para um aumento significativo na altura das crianças, porém também revelam uma maior prevalência de obesidade e excesso de peso nessa faixa etária.

Realizado por pesquisadores do Centro de Integração de Dados e Conhecimento para Saúde (Cidacs/Fiocruz Bahia), em colaboração com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a University College London (Reino Unido), o estudo é o primeiro a analisar longitudinalmente o peso e a altura de uma amostra tão extensa de crianças brasileiras.

Os resultados, de acordo com os pesquisadores, fornecem insights importantes para orientar políticas públicas voltadas para a saúde infantil.

Ao analisar os dados de 5.750.214 crianças nascidas entre 2001 e 2014, os pesquisadores observaram um aumento médio de 1 centímetro na altura das crianças nascidas a partir de 2008. Além disso, houve um aumento médio de 600 gramas no peso das crianças.

No entanto, o estudo também revelou uma preocupante tendência de aumento da obesidade e do excesso de peso, especialmente entre crianças de 5 a 10 anos. A prevalência de excesso de peso nessa faixa etária aumentou 3,2% entre meninos e 2,7% entre meninas. Quanto à obesidade, os números passaram de 11,1% para 13,8% entre meninos, e de 9,1% para 11,2% entre meninas.

Essa tendência também foi observada entre crianças de 3 e 4 anos, com aumentos tanto no excesso de peso quanto na obesidade.

Os pesquisadores destacam que o aumento na altura reflete melhorias na assistência à saúde e no desenvolvimento infantil. No entanto, a prevalência crescente de obesidade é motivo de preocupação e destaca a necessidade de abordar questões relacionadas às dietas das crianças, como o consumo excessivo de alimentos ultraprocessados, e ao sedentarismo.

Saúde Pública

Saúde de Jundiaí inicia campanha de busca ativa de novos casos de tuberculose

A ação visa o diagnóstico de novos casos para a oferta de tratamento adequado. Confira os principais sintomas suspeitos e saiba mais.

Publicado

em

Por

Neste ano, até o momento, a cidade registra 36 casos da doença, sem óbitos (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

A Vigilância Epidemiológica de Jundiaí iniciou a Campanha de Intensificação de Busca Ativa de casos de tuberculose. A primeira fase vai até o dia 30 deste mês. A ação, desencadeada pela Secretaria de Estado da Saúde, visa o diagnóstico de novos casos para a oferta de tratamento adequado. Em Jundiaí, todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Novas UBSs e…

Continuar lendo

Saúde

Conheça oito fatores que podem causar lapsos de memória e saiba como evitá-los  

Na maioria das vezes, os esquecimentos fazem parte da rotina e acontecem por fatores comportamentais. *Por Fernanda Bassette, da Agência Einstein.

Publicado

em

Por

Foto: Freepik

A maioria das pessoas tem lapsos de memória de vez em quando. Não é difícil encontrar quem comente que saiu para fazer compras no supermercado, por exemplo, e voltou sem vários itens. Ou alguém que diga que não se recorda onde deixou os óculos ou as chaves do carro. Alguém que abra a geladeira, mas não lembre exatamente o que…

Continuar lendo

Bem-estar

Procon-SP mostra queda no preço dos repelentes e falta do produto no mercado

Publicado

em

Por

Mãe aplicando repelente em filho
Proteja-se contra a dengue: repelentes eficazes disponíveis em São Paulo, segundo dados recentes do Procon-SP (Foto: Canva)

Uma pesquisa realizada pelo Procon-SP constatou uma queda de 5,92% no preço médio dos repelentes contra insetos na última semana. O valor médio, que era de R$ 25 na pesquisa anterior, realizada em 28 de março, passou para R$ 23,52. Apesar da queda no preço, os especialistas do Procon-SP alertam para a falta de variedade de produtos disponíveis no mercado.…

Continuar lendo

Saúde

Fumar cigarro eletrônico aumenta risco de uso de maconha e abuso de álcool em jovens

Pesquisa dos EUA, que avaliou mais de 50 mil adolescentes, mostra que o consumo de vape abre caminho para jovens adquirirem outros vícios.

Publicado

em

Por

Homem jovem fumando cigarro eletrônico

Por Gabriela Cupani, da Agência Einstein Fumar cigarros eletrônicos aumenta o risco de consumir maconha ou álcool em excesso, revela um estudo americano feito na Universidade Columbia e publicado no periódico científico Substance Use and Misuse.  A pesquisa avaliou dados de mais de 50 mil jovens entre 13 e 18 anos que participaram da enquete Monitoring the Future, aplicada pelo…

Continuar lendo

Saúde Pública

Jundiaí aumenta em mais de 234% a oferta de cirurgias de vesícula

Publicado

em

Por

Paciente sentada em uma cadeira de rodas, ao lado de 3 enfermeiras, sendo levada para o centro cirúrgico
Por semana, 12 cirurgias serão realizadas no Grendacc (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

A Prefeitura de Jundiaí passou a utilizar, neste mês, a estrutura do Grupo em Defesa da Criança com Câncer (Grendacc) para a realização de Colecistectomia Videolaparoscópica (retirada de vesícula por vídeo) em adultos, ampliando em mais de 234% a oferta pelo procedimento na cidade e avançando com o mutirão de cirurgias eletivas para a equalização da fila de espera. A…

Continuar lendo
Publicidade