Projeto Olhos da Serra aborda impacto do fogo na Serra do Japi
Conecte-se conosco

Meio Ambiente

Projeto Olhos da Serra aborda impacto do fogo na Serra do Japi

Objetivo do evento foi sensibilizar os participantes sobre o impacto do fogo na Serra do Japi.

Publicado

em

Atualizado há

Projeto Olhos da Serra tem como objetivo sensibilizar os moradores (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

O Projeto Olhos da Serra apresentou no último dia 12 de agosto o Seminário ‘Os incêndios florestais e suas consequências’, em comemoração ao Dia Interamericano de Qualidade do Ar. O objetivo do evento foi sensibilizar os participantes sobre o impacto do fogo na Serra do Japi, local que é uma área de conservação.

A gerente técnica do Projeto Olhos da Serra, Raquel Melillo, conta que o seminário abordou principalmente o impacto do fogo na fauna, na floresta, na biodiversidade, no solo. “Também falamos sobre a legislação que envolve as queimadas, que, como muitos sabem, é considerada crime ambiental. O fogo tem o poder de acabar com o meio ambiente e nós, como cidadãos, temos o dever de combater e, principalmente, de evitá-lo”.

A palestra inicial do coordenador da Defesa Civil, Coronel Gimenez, abordou o Plano Preventivo de Defesa Civil Operação Estiagem de Jundiaí. O tema foi essencial para mostrar todos os atores e autoridades que fazem desde a prevenção, combate e apoio em todas as atividades de combate a incêndios florestal. “Este Plano estabelece procedimentos reguladores de conduta dos órgãos setoriais do município na ocorrência de incêndios florestais, que necessite a mobilização de articulação do Sistema Municipal de Proteção e Defesa Civil”, explica o Coronel.

“Ainda tivemos uma imensa surpresa no evento, a Professora Dra. Cláudia Boian, uma referência na área de qualidade do ar nos deu a honra de uma palestra sobre os conceitos fundamentais e como a qualidade do ar é impactada pelos incêndios”, enalteceu Raquel.

A professora abordou como a prática de queimadas gera impactos negativos tanto no meio ambiente, quanto na saúde humana. “O objetivo é ressaltar esses impactos negativos de grande proporção e o porquê é tão importante evitar essa prática. Quando necessário, fazer de forma controlada e ter um monitoramento de como a ação está impactando o meio ambiente e a população do local”.

No Seminário ainda foram debatidos temas que têm como objetivo a conscientização da população. “Precisamos falar muito sobre as ações que provocam incêndios, como o descarte de cigarros e fósforos acesos na vegetação seca. Também abordamos quais os principais procedimentos quando um foco atinge a Serra, como a necessidade da formação de uma brigada de incêndio e o acompanhamento da população local para avisar as autoridades competentes”.

Sobre o Projeto Olhos da Serra

O projeto Olhos da Serra tem como objetivo sensibilizar moradores, comunidade local, órgãos gestores e turistas sobre a importância da conservação da Serra do Japi (Jundiaí/SP), território caracterizado por sua relevante biodiversidade e riqueza hídrica. As ações desenvolvidas visam também incentivar os moradores a colaborar com as ações de monitoramento e fiscalização, por meio de um canal de comunicação gerenciado pela Associação dos Amigos dos Bairros de Santa Clara, Vargem Grande, Caguassu e Paiol Velho (SAB Santa Clara).

O projeto está sendo conduzido pelo Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Consórcio PCJ) e a Associação dos Amigos dos Bairros de Santa Clara, Vargem Grande, Caguassu e Paiol Velho (SAB Santa Clara), com o patrocínio da Coca-Cola Foundation. Também apoiam a iniciativa a Prefeitura Municipal de Jundiaí, a Coca-Cola FEMSA Brasil, a Coca-Cola Brasil, a Fundação Serra do Japi, a DAE Jundiaí e a Global Environment & Technology Foundation (GETF).

Meio Ambiente

Mudanças climáticas elevam risco de desastres em 1.942 cidade brasileiras

Estudo revela áreas de risco, histórico de tragédias e ações do governo para mitigar impactos.

Publicado

em

Moradores de áreas de risco enfrentam a vulnerabilidade diante de desastres ambientais cada vez mais frequentes. (Foto: Gustavo Mansur/Palácio Palatini)

Aumento dos desastres ambientais Com a intensificação das mudanças climáticas provocadas pela ação humana no meio ambiente, os desastres ambientais e climáticos têm aumentado em todo o mundo. No Brasil, o governo federal identificou 1.942 municípios suscetíveis a desastres associados a deslizamentos de terras, alagamentos, enxurradas e inundações, o que representa quase 35% do total dos municípios brasileiros. O Cenário…

Continuar lendo

Meio Ambiente

Parceria entre Coca-Cola e Tera Ambiental transforma resíduos industriais em fertilizantes em Jundiaí

O Dia Mundial da Reciclagem, celebrado em 17 de maio, destaca o crescente foco das empresas no desenvolvimento sustentável

Publicado

em

Foto: Divulgação

O Dia Mundial da Reciclagem, celebrado em 17 de maio, destaca o crescente foco das empresas na economia circular e o desenvolvimento sustentável. Uma parceria importante nesse sentido é a da Coca-Cola FEMSA Brasil e da Tera Ambiental, que convertem os resíduos gerados da produção de bebidas em fertilizantes orgânicos compostos. Esse tipo de compromisso com a sustentabilidade reflete uma…

Continuar lendo

Meio Ambiente

‘Reuso da água’ é tema de seminário técnico para o setor industrial da região de Jundiaí

O objetivo do seminário técnico é apresentar soluções e tecnologias para produção de água de reuso por meio do tratamento dos efluentes. Saiba mais.

Publicado

em

Por

O evento acontecerá no dia 23 de maio, às vésperas do Dia da Indústria (25) (Foto: Freepik / imagem gerada por IA)

No dia 13 de junho, o Grupo Opersan realizará o seminário técnico Conexão Opersan, voltado para o setor industrial da região de Jundiaí e Campinas. O objetivo é apresentar soluções e tecnologias para produção de água de reuso através do tratamento dos efluentes. O seminário é direcionado a profissionais e gestores das indústrias de artefatos de borracha, agroindústria, automotiva, química,…

Continuar lendo

Meio Ambiente

Olhos da Serra: 2ª fase fortalece projetos e aumenta área mapeada da Serra do Japi

Publicado

em

Por

Vânia Plaza Nunes, superintendente da Fundação Serra do Japi, reforça a importância do projeto (Foto: Prefeitura de Jundiaí)

A 2ª fase do “Olhos da Serra”, que tem como objetivo a conservação de mais de 2 mil hectares da Serra do Japi, foi concluída nesta quinta-feira (21) com projetos de educação ambiental e monitoramento fortalecidos. O trabalho é realizado com ações de mapeamento de satélite, monitoramento por câmeras e placas de sensibilização e conscientização espalhadas por pontos estratégicos da…

Continuar lendo

Meio Ambiente

Nova onda de calor deve atingir o Brasil na próxima semana, com previsão de ‘dias escaldantes’

Esta é a terceira onda de calor no país em 2024; confira qual a previsão para Jundiaí

Publicado

em

Por

Foto: Canva

Após a breve passagem de uma frente fria pelas regiões Sul e Sudeste, uma nova onda de calor deve atingir o Brasil nos próximos dias, a terceira deste ano. A perspectiva é de que as temperaturas fiquem até 5ºC acima da média em algumas regiões do país, entre os dias 11 e 15 de março. Segundo informa o Climatempo, o…

Continuar lendo